Crowdsourcing como uma ferramenta à inovação estratégica empresarial: uma revisão de literatura

Camila Bitencourt Bezerra de Melo, João Carlos Hipólito Bernardes do Nascimento, Marcos Aurélio de Melo, Juliana Reis Bernardes, Wellington Dantas de Sousa

Resumo


O presente trabalho traz uma revisão de literatura sobre o crowdsourcing e tem como objetivo analisar a literatura existente, suas principais aplicações nas fontes disponíveis e diagnosticar os avanços obtidos pelas empresas que o utilizam como recurso de inovação e gestão estratégica. Inicialmente foi feita uma pesquisa sobre o crowdsourcing de modo a desmistificar seu conceito e suas formas de aplicação e, a seguir, foi realizada uma análise de como implantar esta ferramenta. Dentro desta abordagem, foi realizado um estudo sobre as principais dificuldades à implantação como um modelo de negócios que conta com comunidades públicas da Web e o que diz respeito às suas práticas e benefícios. Diante desta perspectiva foi possível identificar a contribuição do crowdsourcing à inovação estratégica das empresas no contexto competitivo de amplitude global. Espera-se com o presente estudo fomentar maior entendimento do conceito e potencialidades do crowdsourcing, tendo em vista a importância desta metodologia de produção incentivada nas empresas.

Palavras-Chave: crowdsourcing, inovação, gestão, estratégia.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18256/2359-3539/reit-imed.v1n1p13-24

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2359-3539

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.