A Implantação do Acolhimento na Abordagem Sistêmica em uma Clínica-Escola: possibilidades e desafios

Angélica Paula Neumann, Eliana Piccoli Zordan

Resumo


Este artigo apresenta o relato da experiência de implantação do serviço de acolhimento, com base na abordagem sistêmica, na clínica-escola do curso de Psicologia da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões da URI - Campus de Erechim. O objetivo é refletir sobre as possibilidades e os desafios vinculados à prática do acolhimento nesta abordagem. Para tanto, o estudo apresenta a clínica-escola e o modo como os acolhimentos são realizados de um modo geral, focando-se em seguida nas especificidades, possibilidades e desafios encontrados na implantação desta prática segundo a epistemologia sistêmica. Entre as principais possibilidades, está o atendimento de famílias e casais, e entre os desafios, a modificação de uma cultura de atendimento psicológico individual em detrimento de outras modalidades de tratamento, a qual ainda vigora em nosso contexto.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18256/2175-5027/psico-imed.v3n1p496-505

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2175-5027

Licença Creative Commons

Revista de Psicologia da IMED, da IMED é licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

INDEXADORES

latindex.jpg DOAJ.jpg Periódicos CAPES

Diadorim.jpg
 
dialnet.png
 
REDIB
circ.png
    SIS