Editorial

Marcia F. Wagner

Resumo


A Revista de Psicologia da IMED visa divulgar estudos no campo da psicologia e áreas afins. Atualmente em sua quarta edição, a revista apresenta artigos de origem de diversas instituições nacionais, além de uma publicação internacional. Os temas enfocados explicitam a conscientização dos profissionais da psicologia a respeito da importância da ampliação da sua área de atuação e da sua participação em trabalhos interdisciplinares.

Em um artigo inicial, divulga uma pesquisa sobre a atenção em crianças e adolescentes, a partir da aplicação de um instrumento para avaliar a atenção concentrada, investigando as dificuldades encontradas que se referem à distração, esquecimentos, repetição de erros, entre outras. A seguir, apresenta uma revisão de literatura sobre a efetividade da Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) para transtornos de ansiedade e do humor, tendo em vista evidências da sua efetividade para diversos transtornos da saúde. Outro artigo explora o uso de atividades lúdicas, brincadeiras e jogos no ambiente hospitalar, a partir do relato de uma experiência em uma unidade de nefrologia com pacientes usuários do Serviço de Hemodiálise, destacando o quanto tais atividades auxiliam na assistência aos pacientes, devolvendo-lhes qualidade de vida.

Nesta edição, um artigo de origem argentina nos brinda com uma importante reflexão a respeito da necessidade de incorporar aspectos positivos ao estudo do processo de envelhecimento, os quais envolvem a capacidade cognitiva dos idosos, a valorização subjetiva da própria saúde, além do sentimento de sentir-se útil e estar envolvido em atividades que tragam motivação intrínseca. Enfatiza a importância dos aspectos psicológicos como preditores da longevidade e da qualidade de vida nesta fase do ciclo vital.

Outra pesquisa analisa propagandas de cigarro veiculadas na televisão brasileira, legislação antifumo e dados oficiais de consumo de cigarro pela população brasileira. Destaca o valor das legislações e políticas públicas sobre o assunto, pois o início do consumo entre jovens relaciona-se à curiosidade pelo produto, imitação do comportamento adulto e estímulo da propaganda.

Sobre o campo de atuação do psicólogo organizacional, o tema do absenteísmo permite abordar a ampliação do seu trabalho nas organizações. Enfatiza que o papel do psicólogo neste contexto é vasto e não se resume apenas a recrutamento e seleção de pessoal, dentre outras tarefas do RH.

Concluindo a composição deste número, é apresentado o relato da prática de um Programa de Mediação de Conflitos que acolhe pessoas encaminhadas pelo judiciário em busca de soluções para os conflitos familiares. Destaca o trabalho interdisciplinar da Psicologia e Direito, além de outras áreas do conhecimento, os quais propiciam alternativas mais saudáveis, identificando potencialidades e limitações frente à solução de conflitos. 

A Revista de Psicologia da IMED agradece aos membros do Conselho Editorial/Científico, Consultores ad hoc, e a todos os envolvidos na publicação deste número. Deseja que os textos aqui publicados contribuam com profissionais e estudantes de diversas áreas.

Marcia F. Wagner

Editora


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2175-5027

Licença Creative Commons

Revista de Psicologia da IMED, da IMED é licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

BASES DE DADOS E INDEXADORES

 DOAJ.jpg Periódicos CAPES
latindex.jpg
 
dialnet.png
 
REDIB
Diadorim.jpg
    SIS
circ.png