Contribuições da Tanatologia no processo de morrer

Gabriela Quadros de Lima, Mariana Esteves Paranhos, Blanca Susana Guevara Werlang

Resumo


O fenômeno da morte desencadeia uma série de reações e dificuldades nas pessoas. Essas dificuldades estão relacionadas com a incapacidade humana de representar psiquicamente a morte. A maioria das pessoas busca incessantemente o prolongamento da vida e um bem-estar cada vez maior para desfrutar da condição de estar vivo. Uma das formas de alcançar tal finalidade é, certamente, trabalhar em termos de prevenção das mais diversas formas de morte, ou seja, buscar a prevenção de doenças e agravos de saúde, de acidentes de trânsito, de homicídios e suicídios. Dessa forma, entende-se que ao se falar a respeito do tema da morte, fala-se prioritariamente da qualidade de viver. Portanto, esta produção tem como objetivo discorrer, através de uma revisão da literatura, sobre o fenômeno da morte através do campo de conhecimento denominado Tanatologia.

Palavras-chave


morte; tipos de morte; tanatologia

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18256/2175-5027/psico-imed.v1n2p220-230

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais

ISSN 2175-5027

Licença Creative Commons

Revista de Psicologia da IMED, da IMED é licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

BASES DE DADOS E INDEXADORES

 DOAJ.jpg Periódicos CAPES
latindex.jpg
 
dialnet.png
 
REDIB
Diadorim.jpg
    SIS
circ.png