Avaliação da Importância e Aplicabilidade de Competências para Psicólogos Escolares e Educacionais

Dielem Cristina Oliveira dos Santos, Aline Beckmann Menezes, Thiago Dias Costa

Resumo


Este estudo teve como objetivo a avaliação da importância e aplicabilidade de competências, previamente mapeadas na literatura, por psicólogos escolares e educacionais, visando contribuir para a discussão da relevância da utilização de competências como estratégia complementar na formação e atuação deste profissional. A partir do levantamento do universo de profissionais que atuam em psicologia escolar em escolas públicas e privadas de Belém, Pará, aceitaram participar deste estudo 18 psicólogos. Estes avaliaram o grau de importância e aplicabilidade no cotidiano escolar das competências mapeadas por meio de um instrumento padronizado formulado em estudo anterior, com escala Likert, sendo os dados analisados a partir de estatísticas descritivas e inferenciais não-paramétricas. Os resultados mostram que as competências elaboradas foram avaliadas em grande parte como relevantes à atuação do psicólogo escolar de acordo com a percepção dos profissionais, havendo maior ênfase naquelas que se direcionam ao contexto institucional. As redes pública e privada apresentaram diferenças, especialmente quanto à aplicabilidade de competências, o que pode ser compreendido a partir das configurações de suas práxis. A estratégia da utilização de competência pode ser considerada adequada à formação e preparação para os futuros papéis e funções que o psicólogo escolar venha a exercer em sua prática.


Palavras-chave


psicologia escolar; competência profissional; formação do psicólogo; formação do psicólogo escolar; atuação do psicólogo escolar

Texto completo:

PDF HTML

Referências


Abbad, G. S., & Borges-Andrade, J. E. (2014). Aprendizagem Humana em Organizações de Trabalho. In: Zanelli, J. C. e Borges-Andrade, J.C., (orgs). Psicologia, Organizações e Trabalho no Brasil (pp. 237-275). Editora Artmed.

Atkinson, C., Dunsmuir, S., Lang, J. & Wright, S. (2015). Developing a competency framework for the initial training of educational psychologists working with young people aged 16–25. Educational Psychology in Practice: theory, research and practice in educational psychology, 31 (2), 159-173. doi https://doi.org/10.1080/02667363.2015.1004038

Brandão, H. P. (2012). Mapeamento de competências – métodos, técnicas e aplicações em Gestão de Pessoas. São Paulo: Atlas.

Cassins, A. M., Paula Junior, E. E., Voloschen, F. D., Josie Conti, J., Haro, M. E. N., Escobar, M., & Barbieri, V. (2007). Manual de psicologia escolar e educacional. Curitiba: Gráfica e Editora Unificado. Retrieved from http://www.old.crppr.org.br/download/157.pdf

Dunsmuir, S., & Atkinson, C. (2015, junho). Using Delphi Methodology to Define Curriculum Content for Educational Psychology Training. Anais do XII Congresso Brasileiro de Psicologia Escolar e Educacional e 37th International School Psychology Association (ISPA) Conference, São Paulo, SP, Brasil. Retrieved from: https://www.escholar.manchester.ac.uk/item/?pid=uk-ac-man-scw:272446

Fouad, N. A., & Grus, C. L. (2014). Competency-based education and training in professional psychology. In: W. B. Johnson & N. Kaslow (Org). The Oxford Handbook of Education and Training in Professional Psychology (pp. 105-119). Oxford Library of Psychology.

Lessa, P. V., & Facci, M. G. D. (2011). A atuação do psicólogo no ensino público do Estado do Paraná. Psicologia Escolar e Educacional, 15(1), 131-141. doi: https://doi.org/10.1590/S1413-85572011000100014

Marinho Araújo, C. M. (2005). Psicologia escolar e o desenvolvimento de competências. Boletim Academia Paulista de Psicologia, 25(2), 73-85. Retrieved from http://www.redalyc.org/pdf/946/94625212.pdf

Marinho-Araújo, C. M. (2007). A psicologia escolar nas diretrizes curriculares: espaços criados, desafios instalados. In: H. R. Campos (Orgs.) Formação em psicologia escolar: realidades e perspectivas. (pp. 17-48). Campinas: Alínea.

Marinho-Araújo, C. M., & Almeida, S. F. C. de (2006). Psicologia Escolar Institucional: Desenvolvendo Competências para uma Atuação Relacional. In: S. F. C. Almeida (Org.). Psicologia Escolar: ética e competências na formação e atuação profissional. (pp. 59-82). Campinas: Alínea.

Martinez, A. M. (2010). O que pode fazer o psicólogo na escola? Em Aberto, 23(83), 39-56.

Moreira, A. P. G., & Guzzo, R. S. L. (2014). O psicólogo na escola: um trabalho invisível?. Gerais: Revista Interinstitucional de Psicologia, 7(1), 42-52. Retrieved from http://pepsic.bvsalud.org/pdf/gerais/v7n1/v7n1a05.pdf

Pamplona, Santos, D. C. O., & Menezes, A. B. C. (2015). Validação Semântica de um Instrumento Padronizado. Comunicação Científica apresentada no 37th International School Psychology Association (ISPA) Conference na Universidade Presbiteriana Mackenzie em São Paulo.

Patto, M. H. S. (1984). Psicologia e Ideologia: uma introdução crítica à psicologia escolar. São Paulo: T. A. Queiroz.

Ramos, C. C., Costa, T. D., Borba, A., & Barros, R. S. (2016). Uma abordagem comportamental para a descrição de competências em uma instituição pública federal. Perspectivas em análise do comportamento, 7(1), 133-146.

Santos, D. C. O., Menezes, A. B. C., Borba, A, Ramos, C. C., & Costa, T. D., (2017). Mapeamento de competências do psicólogo escolar. Psicologia Escolar e Educacional, 21 (2), 225-234. doi: https://doi.org/10.1590/2175-3539201702121109

Tada, I. N. C., Sápia, I. P., & Lima, V. A. A. (2010). Psicologia Escolar em Rondônia: formação e práticas. Psicologia Escolar e Educacional, 14(2), 333-340. doi https://doi.org/10.1590/S1413-85572010000200015

Todin, C., Dedonatti, D., & Bonamigo, I. S. (2010). Psicologia Escolar na rede pública de educação dos Municípios de Santa Catarina. Psicologia Escolar e Educacional, 14 (1), 65-71. Retrieved from http://www.scielo.br/pdf/pee/v14n1/v14n1a07

Yamamoto, K., Santos, A. A. L., Galafassi, C., Pasqualini, M. G., & Souza, M. P. R. (2013). Como atuam psicólogos na educação pública paulista? Um estudo sobre suas práticas e concepções. Psicologia: Ciência e Profissão, 33(4), 794-807. doi https://doi.org/10.1590/S1414-98932013000400003




DOI: https://doi.org/10.18256/2175-5027.2019.v11i1.3023

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Dielem Cristina Oliveira dos Santos, Aline Beckmann Menezes, Thiago Dias Costa

ISSN 2175-5027

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

BASES DE DADOS E INDEXADORES

  Periódicos CAPES
DOAJ.jpg
 
dialnet.png
 
REDIB
latindex.jpg
  Diadorim.jpg  SIS
  erihplus.png  
circ.png