Avaliação Neuropsicológica com Adultos Idosos: especificidades

Marta Camacho

Resumo


Este artigo centra-se na revisão de literatura científica sobre práticas clínicas da avaliação neuropsicológica com adultos idosos. Pesquisou-se bancos online de artigos científicos e examinou-se listas de referências de artigos publicados nos últimos 10 anos para identificar trabalhos relevantes para a presente revisão. Melhorar a qualidade dos serviços de avaliação neuropsicológica, inclui a melhoria dos resultados em relação à clareza de diagnóstico, recomendações de tratamento e adesão às terapêuticas, bem como a satisfação de pacientes e entidades encaminhadoras. Como processo complexo, a avaliação neuropsicológica começa antes de o paciente entrar no consultório. Engloba um processo de preparação teórica, a validade dos testes específicos, dados normativos disponíveis e o estabelecimento de uma relação empática, entre outros factores cruciais. Os resultados de várias investigações sobre os factores que influenciam o desempenho cognitivo na adultez avançada são equacionados de forma a melhorar os cuidados prestados na avaliação neuropsicológica pelos clínicos.

Palavras-chave: envelhecimento cognitivo; avaliação neuropsicológica, adultos idosos; variáveis confundentes; práticas profissionais.

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18256/2175-5027/psico-imed.v4n1p662-670

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais

ISSN 2175-5027

Licença Creative Commons

Revista de Psicologia da IMED, da IMED é licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

BASES DE DADOS E INDEXADORES

 DOAJ.jpg Periódicos CAPES
latindex.jpg
 
dialnet.png
 
REDIB
Diadorim.jpg
    SIS
circ.png