Efetividade da Terapia Cognitivo-Comportamental para os Transtornos do Humor e Ansiedade: Uma revisão de revisões sistemáticas

Diego Dewes, Margareth da Silva Oliveira, Ilana Andretta, Bruna Krimberg von Mühlen, Jéssica Camargo, José Carlos de Carvalho Leite

Resumo


Intervenções em Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) têm sido muito estudadas nos últimos anos, tendo em vista evidências da sua efetividade para diversos transtornos da saúde. Este estudo apresenta uma revisão de revisões sistemáticas sobre a efetividade da TCC para transtornos de ansiedade e do humor, publicados entre 2005 e 2010. Treze revisões foram recuperadas e resumidas incluindo efeitos similares da associação entre TCC e recuperação clínica. Os resultados sugerem que a TCC combinada com a abordagem medicamentosa denotou eficácia para os transtornos de humor bipolar, obsessivo compulsivo, depressivo e o de estresse pós-traumático. Benefícios em longo prazo foram verificados na qualidade de vida de indivíduos com transtorno do pânico e fobia social, após sessões de TCC.  A TCC foi mais eficaz do que terapia medicamentosa para o tratamento de transtorno de ansiedade generalizada. Em fobia específica, a TCC foi menos eficaz que exposição in vivo. Os estudos recuperados sugerem benefícios potenciais da TCC e estudos ainda são necessários para realçar possíveis melhoras nessa modalidade de tratamento.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18256/2175-5027/psico-imed.v2n2p385-397

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais

ISSN 2175-5027

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

BASES DE DADOS E INDEXADORES

  Periódicos CAPES
DOAJ.jpg
 
dialnet.png
 
REDIB
latindex.jpg
  Diadorim.jpg  SIS
  circ.png