Crenças Irracionais e Auto-Aceitação em Adolescentes

Thomaz Décio Abdalla Siqueira

Resumo


Foram utilizados os pressupostos teóricos da Terapia Racional-Emotivo-Comportamental (REBT) desenvolvida em 1955 por Albert Ellis e apresentada em uma conferência proferida no congresso da American Psychological Association - APA. Baseia-se no método de tratamento dos distúrbios emocionais (chamado de ABC) e segue o modelo educacional de aprendizagem cognitiva. Procura tornar as mudanças cognitivas mais duradouras através do estudo do comportamento racional-emotivo da seguinte forma: (a) de como as pessoas desenvolvem e podem superar suas próprias perturbações; (b) do detectar de crenças irracionais; (c) do debater, discriminando e disputando crenças irracionais; (d) do mudar com novos efeitos ou teorias. O modelo terapêutico da REBT é ativo, diretivo e, em grande parte, educacional.

Palavras-Chave: crenças irracionais; adolescentes; terapia racional-emotivo-comportamental; auto-aceitação incondicional.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18256/2175-5027/psico-imed.v3n2p571-584

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais

ISSN 2175-5027

Licença Creative Commons

Revista de Psicologia da IMED, da IMED é licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

BASES DE DADOS E INDEXADORES

 DOAJ.jpg Periódicos CAPES
latindex.jpg
 
dialnet.png
 
REDIB
Diadorim.jpg
    SIS
circ.png