Responsabilidade social empresarial, extensão universitária e produção de subjetividade: atravessamentos em um mundo globalizado

Miriam Marinho Mendes

Resumo


O artigo foi engendrado mediante pesquisa bibliográfica que possibilitou por em análise os aspectos que permeiam discursos acerca da Responsabilidade Social Empresarial. Buscou-se contrapor idéias e dialogar com autores sobre as interfaces da questão. Lançou-se luz sobre alguns dos acontecimentos históricos que precederam a construção desse novo paradigma organizacional, com a finalidade de compreender parte dos atravessamentos que propiciaram a emergência desse fenômeno. Importou também analisar fatores contemporâneos – como a extensão universitária – que subjazem as novas tendências de ação social. Entendendo-se que o passado e o presente estão articulados de forma indissociável, foi um imperativo examinar os diferentes processos e sujeitos históricos, assim como as relações que se estabeleceram em diferentes tempos e espaços. Neste sentido, a cartografia mostrou-se a metodologia mais apropriada para o propósito deste trabalho, visto que possibilitou mapear e problematizar as relações de força que permitiram a emergência de produções de subjetividade, que legitimam e fazem tal questão funcionar.


Palavras-chave


responsabilidade social; produção de subjetividade; relações de saber-poder; globalização

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18256/2175-5027/psico-imed.v1n1p91-102

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais

ISSN 2175-5027

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

BASES DE DADOS E INDEXADORES

  Periódicos CAPES
DOAJ.jpg
 
dialnet.png
 
REDIB
latindex.jpg
  Diadorim.jpg  SIS
  circ.png