Fobia Social em adolescentes: Repercussões Acadêmicas

Leonardo Ferreira dos Santos, Emmy Uehara Pires

Resumo


A Fobia Social (FS) define-se como medo ou ansiedade acentuados acerca de uma ou mais situações em que o indivíduo é exposto a possível avaliação por outras pessoas. Através de uma revisão sistemática sobre a FS em estudantes adolescentes, foi realizado um levantamento bibliográfico nas bases de dados Scielo, LILACS e PubMed, foram analisados 427 resumos, 11 atenderam aos critérios de inclusão. A FS é um transtorno altamente incapacitante e que leva a prejuízos acadêmicos significativos. Assim, educadores devem estar atentos à dificuldade na sala de aula para que possam ser criadas estratégias de ensino que envolvam esses alunos, afim de encaminhá-los a um especialista.

 


Texto completo:

PDF

Referências


American Psychiatric Association. (2014). Manual diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais: DSM-5. Artmed Editora.

Asbahr, F. R. (2010). Classificação diagnóstica. In: F. R. Asbahr. Transtornos de ansiedade na infância e adolescência. (pp. 33-42). 2 ed. São Paulo: Casa Leitura Médica.

Ausec, I. C. O. (2007). Fobia social e sala de aula: quando a timidez gera necessidades educacionais especiais. In: Congresso Brasileiro Multidisciplinar de Educação Especial, 4, Londrina. Anais do Congresso Brasileiro Multidisciplinar de Educação Especial. Londrina.

Barbirato, F. & Asbahr, F. (2014). Infância e adolescência. In: A.E. Nardi, J. Quevedo, & A.G. Silva (orgs). Transtorno de ansiedade social: teoria e clínica. (pp. 85-93). Porto Alegre: Artmed.

Blaya, C., Isolan, L. & Manfro, G. G. (2014). Comorbidades. In: A. E. Nardi, J. Quevedo, & A. G. Silva (orgs). Transtorno de ansiedade social: teoria e clínica. (pp. 73-83). Porto Alegre: Artmed.

Blöte, A. W., Kint, M. J., & Westenberg, P. M. (2007). Peer behavior toward socially anxious adolescents: Classroom observations. Behaviour Research and Therapy, 45(11), 2773-2779. doi:10.1016/j.brat.2007.06.011

Camacho, I., & Matos, M. G. D. (2007). Práticas parentais educativas, fobia social e rendimento académico em adolescentes. Revista Brasileira de Terapias Cognitivas, 3(2), 0-0. Disponível em http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872007000200003&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 17 ago. 2015.

Cordás, T. A. (2014). Histórico. In: A. E. Nardi, J. Quevedo, & A. G. Silva (orgs). Transtorno de ansiedade social: teoria e clínica. (pp. 15-21). Porto Alegre: Artmed.

D'El Rey, G. J. F. (2001). Fobia social: mais do que uma simples timidez. Arquivos de Ciências da Saúde da Unipar, 5(3), 273-276. doi: 10.1590/S1413-294X2006000100013

D’El Rey, G. J. F., Pacini, C. A., & Chavira, D. J. F. (2006). Fobia social em uma amostra de adolescentes. Estud Psicol, 11(1), 111-114. doi:10.1590/S1413-294X2006000100013

Fernandes, G. C., & Terra, M. B. (2008). Fobia social–estudo da prevalência em duas escolas em Porto Alegre. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, 57(2), 122-126. doi: 10.1590/S0047-20852008000200007

Fleitlich, B. W. & Goodman, R. (2000). Epidemiologia. Revista Brasileira de Psiquiatria, São Paulo, 22(2) 02-06. doi: 10.1590/S1516-44462000000600002

Fleitlich-Bilyk, B., & Goodman, R. (2004). Prevalence of child and adolescent psychiatric disorders in southeast Brazil. Journal of the American Academy of Child & Adolescent Psychiatry, 43(6), 727-734. doi: 10.1097/01.chi.0000120021.14101.ca

Isolan, L., Pheula, G., & Manfro, G. G. (2007). Tratamento do transtorno de ansiedade social em crianças e adolescentes. Revista de Psiquiatria Clínica, São Paulo, 34(3), 125-132. doi:

1590/S0101-60832007000300004

Lindo, L., Vega, J., Lindo, M., & Cortés, J. (2013). Prevalencia de síntomas de fobia social en adolescentes varones del Colegio Salesiano de Breña. Revista de Neuro-Psiquiatría, 68(3-4), 228-240. Disponível em http://sisbib.unmsm.edu.pe/bvrevistas/neuro_psiquiatria/v68_n3-4/pdf/a11.pdf Acesso em: 17 ago. 2015.

Martinez, A. S., de Oliveira, A. M., Badaró, A. C., Gomes, D. A. G., Peres, F. S., Tavares, F. S., ... & Lourenço, L. M. (2012). Periódicos da Capes: perspectiva das dissertações e teses sobre transtorno de ansiedade social/fobia social. Interação em Psicologia, 16(2), 283-292.

doi: 10.5380/psi.v16i2.24730

Martins, A. C., Almeida, J. P., & Viana, V. (2014). Ansiedade social na infancia e pre-adolescencia: adaptacao para o Portugues de Portugal da SASC-R. Psicologia: Reflexão e Crítica, 27(2), 300-307. doi: 10.1590/1678-7153.201427210

Mochcovitch, M. D. (2014). Epidemiologia. In: A. E. Nardi, J. Quevedo, & A. G. Silva (orgs). Transtorno de ansiedade social: teoria e clínica. (pp. 23-27). Porto Alegre: Artmed.

Organização Mundial de Saúde. (2008). Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID-10). Disponível em: < http://www.datasus.gov.br/cid10/V2008/cid10.htm>. Acesso em: 17 ago. 2015.

Schier, A., Ribeiro, N. P. de O. & Silva, A. C. (2014). Hipóteses etiológicas. In: A. E. Nardi, J. Quevedo, & A. G. Silva (orgs). Transtorno de ansiedade social: teoria e clínica. (pp. 29-34). Porto Alegre: Artmed.

Sousa, J. P. M. de, Osório, F. de L., Schneider, B. Z. & Crippa, J. A. de S. (2014). Transtornos de ansiedade (transtorno de ansiedade generalizada, ansiedade de separação e fobia social). In: G. M. Estanislau & R. A. Bressan, (orgs). Saúde mental na escola: o que os educadores devem saber. (pp. 101-118). Porto Alegre: Artmed.

Stein, M. B., & Kean, Y. M. (2000). Disability and quality of life in social phobia: epidemiologic findings. American Journal of Psychiatry, 157(10), 1606-1613. doi: 10.1176/appi.ajp.157.10.1606

Turkiewicz, G., Castro, L. L. & Joffe, V. (2010). Fobia social e mutismo seletivo. In: F. R. Asbahr. Transtornos de ansiedade na infância e adolescência. (pp. 129-148). 2 ed. São Paulo: Casa Leitura Médica.

Valença, A. M. (2014). Psicopatologia e diagnóstico. In: A. E. Nardi, J. Quevedo, & A. G. Silva (orgs). Transtorno de ansiedade social: teoria e clínica. (pp. 49-55). Porto Alegre: Artmed.

Van Ameringen, M., Mancini, C., & Farvolden, P. (2003). The impact of anxiety disorders on educational achievement. Journal of anxiety disorders,17(5), 561-571. doi: 10.1016/S0887-6185(02)00228-1

Vilete, L. M. P., Coutinho, E. D. S. F., & Figueira, I. L. D. V. (2004). Confiabilidade da versão em Português do Inventário de Fobia Social (SPIN) entre adolescentes estudantes do Município do Rio de Janeiro. Cadernos de Saúde Pública, 20(1), 89-99. doi: 10.1590/S0102-311X2004000100023

Vilete, L., Figueira, I., & Coutinho, E. (2006). Adaptação transcultural para o português do Social Phobia Inventory (SPIN) para utilização entre estudantes adolescentes. Rev Psiquiatr RS, 28(1), 40-8. doi: 10.1590/S0101-81082006000100006




DOI: http://dx.doi.org/10.18256/2175-5027/psico-imed.v8n2p172-184

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2175-5027

Licença Creative Commons

Revista de Psicologia da IMED, da IMED é licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

BASES DE DADOS E INDEXADORES

 DOAJ.jpg Periódicos CAPES
latindex.jpg
 
dialnet.png
 
REDIB
Diadorim.jpg
    SIS
circ.png