Tratamento do chorume de aterro de resíduos sólidos urbanos utilizando um coagulante à base de Tanino, tratamento biológico e ozonização

Edir Filipe Ribeiro, Marta Verônica Buss, Jean Carlo Salomé dos Santos Menezes

Resumo


A crescente produção de resíduos sólidos, demanda a realização de pesquisas visando atenuar os impactos ambientais decorrentes da destinação desses despejos. Sabe-se que as características qualitativas dos resíduos produzidos no Brasil, são predominantemente de origem orgânica, sendo que a pluviosidade causa a geração de grandes volumes de chorume.

O presente trabalho teve como objetivo estudar duas diferentes alternativas para o abatimento da carga poluidora do chorume gerado, no aterro sanitário de resíduos sólidos urbanos, localizado em um município do meio oeste de Santa Catarina. Através da caracterização e tratamento por processos biológicos seguido de físico-químicos usando um coagulante a base de tanino e um floculante catiônico de alto peso molecular, a fim de se obterem efluentes com características que permitam o seu descarte de acordo com a legislação. Potencializando a eficiência do processo de tratamento, de forma que, a empresa operadora possa adotar em escala real o processo estudado em laboratório. 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18256/2358-6508/rec-imed.v2n2p37-42

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Revista de Engenharia Civil IMED

Licença Creative Commons
Este obra de Revista de Engenharia Civil IMED está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN 2358-6508

 Indexadores

 miar.png logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png 
   SHERPA-RoMEO-long-logo.gif