Ensaio de tração em disco circular em misturas asfálticas reforçadas com geogrelhas

Gerson Alves Bastos, Michéle Dal Toé Casagrande, Laura Maria Goretti da Motta, Daiane Folle

Resumo


Apresenta-se, neste trabalho, uma avaliação de misturas asfálticas ensaiadas em corpos de prova cilíndricos convencionais, tendo quinze centímetros de diâmetro, reforçadas ou não com dois diferentes tipos de geogrelhas (fibra-de-vidro e poliéster), através do ensaio de tração em disco circular com fenda. Este ensaio, normalizado pela ASTM (ASTM D7313-07), busca avaliar a resistência ao fraturamento de misturas asfálticas. De acordo com os resultados obtidos, constatou-se que as amostras que apresentavam o reforço de geogrelha apresentaram maiores resistência ao fraturamento, quantificada pela energia de fratura. Assim, pela comparação nos ensaios realizados, as amostras com geogrelhas tiveram um melhor comportamento quanto ao faturamento que as amostras sem presença de geogrelha.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18256/2358-6508/rec-imed.v2n2p27-36

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Revista de Engenharia Civil IMED

Licença Creative Commons
Esta obra da Revista de Engenharia Civil IMED está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN 2358-6508

 Indexadores

DOAJ.jpg   logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png 
SHERPA-RoMEO-long-logo.gif   
 
 miar.png