Análise do dimensionamento de vigas de concreto armado sob flexão simples quanto a ductilidade

Ronan Vieira de Carvalho Filho

Resumo


Este estudo apresenta os resultados do dimensionamento de vigas em concreto armado e a determinação do limite de armadura de flexão possível de acrescentar a uma viga sem que a mesma perca sua condição de ductilidade segundo NBR6118:2014. Desta forma foi possível avaliar condições de execução mal sucedida, onde, operários da construção civil podem alterar as condições de ductilidade de uma viga através do acréscimo de armadura sem avaliação prévia. No dimensionamento, foram avaliadas vigas com diferentes valores de fck, altura útil e momento característico. Através desta análise foi possível determinar a representatividade de cada fator na diferença entre a área de aço calculada e a área de aço limite (considerando o limite do domínio 3). Foi determinado como a variável mais importante a resistência do concreto, deixando clara a necessidade de análises técnicas rigorosas no controle de qualidade dos materiais envolvidos na execução da concretagem.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18256/2358-6508/rec-imed.v2n2p3-7

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Revista de Engenharia Civil IMED

Licença Creative Commons
Este obra de Revista de Engenharia Civil IMED está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN 2358-6508

 Indexadores

 miar.png logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png 
   SHERPA-RoMEO-long-logo.gif