ESTUDO DO COMPORTAMENTO DE UM COMPÓSITO AREIA-FIBRA EM EXTENSÃO AXIAL

Miguel Angel Parodi Palacios, Michéle Dal Toé Casagrande, Daiane Folle, Jonas Anversa

Resumo


O artigo apresenta o estudo do comportamento tensão-deformação de um solo arenoso reforçado e não reforçado com fibras de polipropileno, através da realização de ensaios triaxiais drenados, com extensão axial. Busca-se estabelecer padrões de comportamento que possam explicar a influência da adição de fibras, relacionando-a com os parâmetros de resistência ao cisalhamento e deformação do solo quando submetidos a esforços de extensão. Ensaios triaxiais foram realizados em amostras compactadas a uma densidade relativa de 50%, com 0,5% de teor de fibra de 12 mm de comprimento e 0,03mm de diâmetro. Foram aplicadas tensões efetivas médias iniciais de 20 a 600 kPa. Observa-se uma taxa única de crescimento de resistência a partir do momento em que as fibras são mobilizadas, que independe das tensões efetivas iniciais e se apresenta de forma linear e constante para o solo reforçado. Os resultados foram satisfatórios para aplicação do solo reforçado em obras geotécnicas que estejam sujeitas a cargas de extensão.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18256/2358-6508/rec-imed.v2n1p33-39

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Revista de Engenharia Civil IMED

Licença Creative Commons
Este obra de Revista de Engenharia Civil IMED está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN 2358-6508

 Indexadores

 miar.png logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png 
   SHERPA-RoMEO-long-logo.gif