ESTUDO DO COMPORTAMENTO DE UM COMPÓSITO AREIA-FIBRA EM EXTENSÃO AXIAL

Miguel Angel Parodi Palacios, Michéle Dal Toé Casagrande, Daiane Folle, Jonas Anversa

Resumo


O artigo apresenta o estudo do comportamento tensão-deformação de um solo arenoso reforçado e não reforçado com fibras de polipropileno, através da realização de ensaios triaxiais drenados, com extensão axial. Busca-se estabelecer padrões de comportamento que possam explicar a influência da adição de fibras, relacionando-a com os parâmetros de resistência ao cisalhamento e deformação do solo quando submetidos a esforços de extensão. Ensaios triaxiais foram realizados em amostras compactadas a uma densidade relativa de 50%, com 0,5% de teor de fibra de 12 mm de comprimento e 0,03mm de diâmetro. Foram aplicadas tensões efetivas médias iniciais de 20 a 600 kPa. Observa-se uma taxa única de crescimento de resistência a partir do momento em que as fibras são mobilizadas, que independe das tensões efetivas iniciais e se apresenta de forma linear e constante para o solo reforçado. Os resultados foram satisfatórios para aplicação do solo reforçado em obras geotécnicas que estejam sujeitas a cargas de extensão.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18256/2358-6508/rec-imed.v2n1p33-39

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Revista de Engenharia Civil IMED

Licença Creative Commons
Esta obra da Revista de Engenharia Civil IMED está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN 2358-6508

 Indexadores

DOAJ.jpg   logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png 
SHERPA-RoMEO-long-logo.gif   
 
 miar.png