Análise da evolução dos parâmetros de dimensionamento de reservatórios em concreto: estudo de caso

Patricia da Rosa Dorneles Corrêa, Ricardo Girardi

Resumo


Reservatório de concreto é uma unidade hidráulica de acumulação e passagem da água que deve ter uma vida útil para cumprir a função para qual foi projetado. Para tanto, é essencial que a estrutura apresente estanqueidade, que é possível quando o projeto e execução respeitem características como resistência à compressão do concreto, cobrimento mínimo de armadura, relação água/cimento, adequada impermeabilização da estrutura. Não ocorrendo tais características, o concreto pode deteriorar e a armadura ficar sujeita à corrosão, quando a água reservada possuir cloretos, sulfatos em altos teores e baixo pH, entrando em contato com o concreto através de poros ou fissuras. A partir do método indutivo, com a análise documental, o presente estudo objetivou uma análise histórica da atual NBR 6118, desde 1940, e as Portarias do Ministério da Saúde sobre uso de cloro e sulfato, a fim relacionar os parâmetros usados no projeto dos reservatórios com a degradação dessas estruturas.  O estudo de dezenove reservatórios de concreto, dentro de um horizonte de trinta e nove anos, demonstrou inicialmente que os parâmetros de projeto de norma e parâmetros físico químicos evoluíram a favor da segurança dessas estruturas. E finalmente, para o dimensionamento dos reservatórios não foram respeitadas as características de projeto, favorecendo o início da corrosão nas armaduras.


Palavras-chave


Reservatórios. Corrosão nas armaduras. Durabilidade.

Texto completo:

PDF HTML

Referências


AGÊNCIA NACIONAL DAS ÁGUAS. A história do uso da água no Brasil: Do descobrimento ao século XX. Brasília: 2007.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NB-1: Cálculo e execução de obras de concreto armado – Procedimentos. Rio de Janeiro, 1940.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NB-1: Cálculo e execução de obras de concreto armado – Procedimentos. Rio de Janeiro, 1960.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 12217: Projeto de reservatório de distribuição de água para o abastecimento público. Rio de Janeiro, 1994.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 12655 - Concreto de Cimento Portland – Preparo, controle, recebimento e aceitação – Procedimentos. Rio de Janeiro, 2015.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 5737 - Cimentos Portland resistentes a sulfatos. Rio de Janeiro, 1992.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NB 6118: Projeto de estruturas de concreto – Procedimentos. Rio de Janeiro, 1978.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NB 6118: Projeto de estruturas de concreto – Procedimentos. Rio de Janeiro, 2003.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6118: Projeto de estruturas de concreto – Procedimentos. Rio de Janeiro, 2014.

BRASIL. Portaria Nº 2.914, de 12 de dezembro de 2011. Brasília, 2011.

BRASIL. Decreto Nº 79.367, de 9 de março de 1977. Brasília, 1977.

KULISCH, D. Ataques por Sulfatos em Estruturas de Concreto. Curitiba, 2011. 108 p. Trabalho de Conclusão (Curso de Engenharia da Construção Civil) - Universidade Federal do Paraná. Curitiba, 2011.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Metodologia do trabalho científico: procedimentos básicos, pesquisa bibliográfica, projeto e relatório publicações e trabalhos científicos. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

MONTIEL, A. Organização Mundial da Saúde. Paris, 1995.

PEREIRA, E. A. Patologias em reservatórios de água potável e sua correcção. Lisboa, 2010, 89 p. Dissertação (Mestrado) - Curso Engenharia Civil. Instituto Superior de Engenharia de Lisboa. Lisboa, 2010.

PINTO, G. M. F.; LIMA, A. V.; PÉRICO, M. A. Avaliação da qualidade da água de abastecimento do município de Paulínia (SP), pela determinação de residual de cloro livre. XX Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos. Bento Gonçalves, 2013.

THOMAZ, E. C. S.; CARNEIRO, L. A. V. Estrutura de Reservatórios: conceitos de fissuração e sugestões para execução. Revista Concreto, Belo Horizonte, p. 20, 2007.

TINOCO, H. F. F.; MORAIS, A. S. Reservatórios em concreto armado: principais manifestações patológicas, diagnóstico e soluções para reabilitação e reforço. IX Congresso Internacional sobre Patología y Recuperación de Estructuras. João Pessoa, 02 a 05 de junho 2013.




DOI: https://doi.org/10.18256/2358-6508.2018.v5i1.2197

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Patricia da Rosa Dorneles Corrêa, Ricardo Girardi

Licença Creative Commons
Esta obra da Revista de Engenharia Civil IMED está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN 2358-6508

 Indexadores

DOAJ.jpg   logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png 
SHERPA-RoMEO-long-logo.gif   
 
 miar.png