Geoprocessamento aplicado ao diagnóstico de uso e ocupação do solo da bacia hidrográfica do córrego Guaribas em Uberlândia – MG

Erich Vectore Pavanin, Maria Lígia Chuerubim, Bruno de Oliveira Lázaro, Luiz Nishiyama

Resumo


Este trabalho estabelece um diagnóstico do uso e ocupação do solo da Bacia Hidrográfica do Córrego Guaribas, localizada em Uberlândia – MG, por meio da utilização e aplicação de geotecnologias e técnicas de geoprocessamento. A região de estudo se configura como uma área de grande influência para a expansão urbana no município de Uberlândia, o que evidencia a necessidade da elaboração de estudos acerca da dinâmica do uso e parcelamento do solo a fim de promover ferramentas importantes para o planejamento e infraestrutura urbana regional e sua concomitância com a preservação dos recursos ambientais e populações existentes neste ecossistema. Neste aspecto, a utilização de geotecnologias desponta como um importante instrumento para a efetivação de políticas de gestão territorial e engenharia urbana e auxiliam na promoção do desenvolvimento urbano sustentável. Desta maneira, este trabalho utilizou imagens de satélite Quickbird, e os softwares livres Google Earth e SPRING com o intuito de promover uma análise da evolução do uso e ocupação do solo na área de drenagem do Córrego Guaribas, procurando relacionar este processo com outros parâmetros a fim de estabelecer escopos para melhorias na gestão territorial da região.


Palavras-chave


Engenharia urbana, geotecnologias, geoprocessamento, uso e ocupação do solo, bacia hidrográfica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18256/2358-6508/rec-imed.v3n2p24-38

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista de Engenharia Civil IMED

Licença Creative Commons
Esta obra da Revista de Engenharia Civil IMED está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN 2358-6508

 Indexadores

 miar.png logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png 
   SHERPA-RoMEO-long-logo.gif