Obtenção de bloco de concreto celular como tema gerador para ensino médio

Marina Paula Secco, Rodrigo de Almeida Silva, Caroline Tiecher, Bárbara Pereira Ribeiro, Thomas José Paludo dos Santos, Cristiane Meira, Marcelo da Silva

Resumo


O Bloco de Concreto Celular (BCC) vem sendo muito utilizado na construção civil como bloco de vedação por apresentar ótimo isolamento termoacústico, além de serem considerados ambientalmente menos impactantes.  Esse tipo de concreto leve pode ser obtido pela formação das bolhas dentro de sua pasta, esta formação se dá por uma reação química ou por adição de espuma através de um agente espumígeno. Este trabalho teve por objetivo avaliar os Blocos de Concreto Celulares Espumígenos (BCCE) obtidos pela introdução de bolhas de ar em sua massa devido a um agente espumante. O principal objetivo da pesquisa realizada é aprimorar os conhecimentos adquiridos pelos alunos do Ensino Médio, integrantes do projeto, através do estudo do BCCE produzido em uma empresa local visando, além da obtenção de blocos mais resistentes, o desenvolvimento do espírito científico nos alunos.  A pesquisa foi constituída de análises de resultados experimentais obtidos em laboratório, bem como de ensaios industriais.  Os mesmos demonstraram que a relação de água/cimento com valor de 0,8 mostrou-se mais adequada atingindo resistências a compressão na ordem de 2,14 MPa. Para além do observado experimentalmente ressalta-se que o escopo do projeto baseava-se na atividade de pesquisa aplicada no Ensino Médio com objetivo de fomentar a pesquisa no Ensino Médio Politécnico.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18256/2358-6508/rec-imed.v2n3p35-43

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista de Engenharia Civil IMED

Licença Creative Commons
Este obra de Revista de Engenharia Civil IMED está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN 2358-6508

 Indexadores

 miar.png logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png 
   SHERPA-RoMEO-long-logo.gif