Mapeamento de Incêndios em Edificações: Um estudo de caso na cidade do Recife

Cristiano Corrêa, José Jéferson Rego Silva, Tiago Ancelmo Pires, George Cajaty Braga

Resumo


Este artigo trata do mapeamento de incêndios em edificações, tendo a cidade de Recife como estudo de caso. Tal mapeamento utilizou a padronização sugerida pela Liga dos Comandantes Gerais dos Corpos de Bombeiros (LIGABOM) em 2007, adotada em vários Estados da Federação, possibilitando a replicação em outros municípios do Brasil. O método é baseado em levantamentos estatísticos e no perfil hipotético dedutivo descrito na literatura. Tendo como resultados a distribuição geográfica dos incêndios em edificações, a distribuição destes por ocupação ou finalidade das edificações, a classificação das principais estruturas atingidas por incêndios, a descrição dos incêndios que geraram vítimas fatais, as áreas construídas mais atingidas, os locais presumidos dos inícios dos incêndios e os principais objetos que queimaram nas edificações, tendo como lapso temporal o triênio 2011 a 2013, com ênfase no primeiro ano.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18256/2358-6508/rec-imed.v2n3p15-34

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista de Engenharia Civil IMED

Licença Creative Commons
Esta obra da Revista de Engenharia Civil IMED está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN 2358-6508

 Indexadores

DOAJ.jpg   logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png 
SHERPA-RoMEO-long-logo.gif   
 
 miar.png