Mapeamento de Incêndios em Edificações: Um estudo de caso na cidade do Recife

Cristiano Corrêa, José Jéferson Rego Silva, Tiago Ancelmo Pires, George Cajaty Braga

Resumo


Este artigo trata do mapeamento de incêndios em edificações, tendo a cidade de Recife como estudo de caso. Tal mapeamento utilizou a padronização sugerida pela Liga dos Comandantes Gerais dos Corpos de Bombeiros (LIGABOM) em 2007, adotada em vários Estados da Federação, possibilitando a replicação em outros municípios do Brasil. O método é baseado em levantamentos estatísticos e no perfil hipotético dedutivo descrito na literatura. Tendo como resultados a distribuição geográfica dos incêndios em edificações, a distribuição destes por ocupação ou finalidade das edificações, a classificação das principais estruturas atingidas por incêndios, a descrição dos incêndios que geraram vítimas fatais, as áreas construídas mais atingidas, os locais presumidos dos inícios dos incêndios e os principais objetos que queimaram nas edificações, tendo como lapso temporal o triênio 2011 a 2013, com ênfase no primeiro ano.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18256/2358-6508/rec-imed.v2n3p15-34

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista de Engenharia Civil IMED

Licença Creative Commons
Este obra de Revista de Engenharia Civil IMED está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN 2358-6508

 Indexadores

 miar.png logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png 
   SHERPA-RoMEO-long-logo.gif