Avaliação da eficiência da estação de tratamento de águas residuárias de uma lavanderia de jeans

Jéssica Talita Zagonel

Resumo


No presente trabalho avaliou-se o tratamento das águas residuárias adotado numa lavanderia industrial, situada no Meio Oeste Catarinense. Os objetivos deste, consistiram em analisar a eficiência da estação, comparando os resultados finais como os padrões de emissões permitidos pela CONAMA 430/2011 e a LEI Nº 14.675/2009 (SC). Para isto foram empregados métodos de: caracterização das águas residuárias bruta e tratada; caracterização e determinação da vazão do corpo hídrico receptor. Sendo assim, a vazão média do corpo hídrico 0,033 m³.s-1. Este exibiu teores médios de OD 8,28 mg.L-1, DBO 123,01 mg.L-1, DQO (não expressiva), SST 18,56 mg.L-1, turbidez 0,939 NTU, fósforo 9,27 mg.L-1, surfactantes 0,83 mg.L-1 e pH 6,64. Nas águas residuárias bruta, os teores médios aferidos foram: DBO 206,90 mg.L-1; DQO 689,65 mg.L-1; SST 1,50 mg.L-1; SS 488,40 mL.L-1; fósforo 367,32 mg.L-1; surfactantes 2,12 mg.L-1; pH 6,56; OD 2,18 mg.L-1 e turbidez 6,15 NTU; Já para as águas residuárias tratadas: DBO 116,1 mg.L-1; DQO 121,37 mg.L-1; SST 0,00 mg.L-1; SS 5,00 e 21,50 mL.L-1 (dias 22 e 29/09); fósforo 23,60 mg.L-1; surfactantes 0,387 mg.L-1; pH 5,70; OD 6,04 mg.L-1 e turbidez 0,352 NTU. Com relação a eficiência da estação de tratamento, esta apresentou remoção de DBO < 40%, presença de SST, em algumas amostras, e ausência de SS. O pH, em algumas análises, ficou abaixo de 6,00. A remoção média de fósforo e surfactantes foi de 80% e 83,13% respectivamente. Diante destes resultados e segundo o que preconiza as legislações citadas, a estação avaliada possui eficiência de 57%. 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18256/2358-6508/rec-imed.v2n3p5-14

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista de Engenharia Civil IMED

Licença Creative Commons
Este obra de Revista de Engenharia Civil IMED está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN 2358-6508

 Indexadores

 miar.png logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png 
   SHERPA-RoMEO-long-logo.gif