Sobre o poder / About the power

Cecília Pires

Resumo


Este artigo tem como foco intencional apresentar as compreensões contemporâneas de poder, baseadas nas análises de dois autores do Século XX, Hannah Arendt e Michel Foucault, que estiveram atentos às questões da sociedade. Trata-se de demarcar entendimentos diferenciados, a partir dos solos conceituais em que se sustentam as pesquisas dos pensadores. Enquanto, para Arendt, o poder tem uma apreciação positiva em si mesmo, ainda que possa sofrer destruições quando surge a violência, como resultado das ações dos sujeitos, e, portanto, o destrói, Foucault parte de uma perspectiva de poder em que o papel do indivíduo é quase inexistente, na medida em que o poder, não estando situado em lugar algum e funcionando como uma espécie de ligamento entre indivíduos e instituições, não traz em si mesmo a conotação de positividade ou negatividade, mas de funcionamento.

Palavras-chave: poder - liberdade - condição humana - governabilidade

Abstract

This article intends to present some contemporary understandings of power, based on the analysis of two authors of the twentieth century, Hannah Arendt and Michel Foucault , who were focused on important issues of society. It points different understandings, from the conceptual basis that support the research of those philosophers. While for Arendt , power has a positive assessment in itself , although it may suffer destruction when there is violence as a result of the actions of individuals, and thus destroys, Foucault thinks from a power perspective, which the role of the individual is almost nonexistent; power has not being situated anywhere and functioning as a kind of connection between individuals and institutions. Power does not provide, itself,  neither a positive nor a negative connotation, but operation.


Keywords: power - freedom - human condition – governance


Texto completo:

PDF HTML

Referências


AMIEL, Anne. Hannah Arendt. Política e Acontecimento. Trad. Sofia Mota. Lisboa: Piaget, 1997.

ARENDT, Hannah. A Condição Humana. Trad. Roberto Raposo. São Paulo: Forense-Universitária, 1981.

ARENDT, Hannah. A Dignidade da Política. Ensaios e conferências. Trad. Helena Martins e outros. Rio de Janeiro: Relume-Dumará, 1993.

ARENDT, Hannah. Entre o Passado e o Futuro. Trad. Mauro W. Barbosa. São Paulo: Perspectiva, 2003.

ARENDT, Hannah. Sobre a Violência. Trad. André de Macedo Duarte. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010.

DELACAMPAGNE, Christian. História da Filosofia no Século XX. Trad. Lucy Magalhães. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1997.

FOUCAULT, Michel. As Palavras e as Coisas. Uma arqueologia das Ciências Humanas. Trad. Salma Tannus Muchail. São Paulo: Matins Fontes, 2007.

FOUCAULT, Michel. Em Defesa da Sociedade. Trad. Maria Ermantina Galvão. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do Poder. Trad. Roberto Machado. Rio de Janeiro: Graal, 1979.

FOUCAULT, Michel. Nascimento da Biopolítica. Trad. Eduardo Brandão. São Paulo: Martins Fontes, 2008.

LOCCHI, Maria Chiara.Brief reflections on legal pluralism as a key paradigm of contemporary law in highly differentiated western societies. Revista Brasileira de Direito, Passo Fundo, v. 10, n. 2, p. 74-84, fev. 2014. ISSN 2238-0604. Disponível em: < https://seer.imed.edu.br/index.php/revistadedireito/article/view/635 >. Acesso em: 15 abr. 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.18256/2238-0604/revistadedireito.v11n1p57-67

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2238-0604

Licença Creative Commons
Revista Brasileira de Direito está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores

    
Periódicos CAPES  googlelogo_scholar.png
DOAJ.jpg
  
Diadorim.jpg
 
 dialnet.png
latindex.jpg
 
 logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png

 
circ.png
 
 miar.png

logo_base.gif
 
 
 logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png
 
CiteFactor2.png
  
Scilit logo