O poder de polícia no juízo eleitoral: a constitucionalidade no julgamento de processos ocasionados da apuração administrativa de ilícitos feita pelo judiciário / The police power in electoral court: the constitutionality of the judgment realized by the s

Kate Cibele Pereira

Resumo


Este artigo analisa a constitucionalidade do julgamento realizado pelos mesmos juízes que investigaram ilícitos eleitorais. Este poder de investigação foi conferido aos juízes eleitorais no Código Eleitoral, Lei nº 4.737/65, o qual elenca as competências eleitorais. O Tribunal Superior Eleitoral, em 2006, decidiu que esta situação não é inconstitucional e não é incompatível com a imparcialidade devido à premissa do caráter único da justiça eleitoral. Portanto, este artigo discorda com este posicionamento, seguindo o posicionamento da Constituição Federal de 1988 e seus princípios, como o do devido processo legal, e objetiva ajudar a sociedade a alcançar um processo mais imparcial e justo.

PALAVRAS-CHAVE: Competências da Justiça Eleitoral. Poder de Polícia do Juiz. Princípio Constitucional da Imparcialidade do juiz.

ABSTRACT

This article analyzes the constitutionality of the judgement realized by the same judges who investigated the electoral crimes. This investigation power was given to the electoral judges in the Electoral Code, Law nº 4.737/65, which lists the electoral competencies. The Superior Electoral Court of the Brazil in 2006 decided that this situation is not unconstitutional and is not incompatible with impartiality because of the unique character of the Electoral Judiciary. Therefore, this article disagrees with this position according to the Federal Constitution and its principles, e.g. due process of law, and wants to help our society to reach a process more impartial and closer from the justice.

Keywords: Powers of the Electoral Judiciary. Police Power of the Judge. Constitutional principle of impartiality of the judge.


Texto completo:

PDF HTML

Referências


AGLANTZAKIS, Luciana Costa. O poder de polícia do magistrado na Propaganda eleitoral e uma releitura da súmula 18 do tribunal superior eleitoral, Suffragium – revista do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, Fortaleza, v. 6. n. 9, p. 11-20, jan./jun. 2010

AGRA, Walber de Moura; VELLOSO, Carlos Mario Da Silva. Propaganda eleitoral e sua incidência. Estudos Eleitorais, Brasília, v. 5. n. 1, p. 37-64, jan./abr. 2010.

AQUINO JÚNIOR, Jaime de. O poder de polícia no processo eleitoral. Revista de Direito Público, Londrina, v. 1, n.1, p. 181/192, jan./abr. 2006.

BARBOSA, Luís Adriano Soares. Ética na magistratura: uma interpretação a partir de um confronto as idéias de Vasquez e Nalini. Disponível em: . Acesso em: 15 maio 2013.

BRANDÃO, Gabriela da Silva. A evolução do conceito de poder de polícia no direito administrativo e sua compatibilidade com o modelo de Estado democrático de direito na atualidade. Revista de Direito Público, Belo Horizonte, v. 12, n. 131, p. 9-26. jan. 2012.

BRASIL, Senado Federal. Estudo n° 143/2000: funcionamento da Justiça Eleitoral em alguns países. Disponível em: . Acesso em: 05 out. 2013.

CÂNDIDO, Joel José. Direito Eleitoral brasileiro. 11ª ed. Bauru: EDIPRO, 2004.

CARVALHO FILHO, José dos Santos. Manual de Direito Administrativo. 25. ed., São Paulo: Atlas, 2012.

CARVALHO JUNIOR, Antonio José Ferreira. Os Limites do Poder de Polícia do Juiz da Fiscalização Eleitoral. Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro. 2011. Disponível em: . Acesso em: 22 maio 2013.

CARVALHO NETO, Tarcisio Vieira de. Alguns novos rumos do poder de polícia. Revista do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, Brasília, v. 24, n. 8, p. 45-48, ago. 2012.

CERQUEIRA, Thales Tácito Pontes Luz de Pádua. CERQUEIRA, Camila Medeiros de Albuquerque Pontes Luz de Pádua. Tratado de Direito Eleitoral, tomo III: Processo Penal Eleitoral. São Paulo: Premier Máxima, 2008.

CINTRA, Antônio Carlos de Araújo; GRINOVER, Ada Pellegrini; DINAMARCO, Cândido Rangel. Teoria geral do processo. São Paulo: Malheiros, 22. ed., 2006.

COSTA, Hyldon Masters Cavalcante. A imparcialidade do juiz eleitoral em processo judicial para a apuração de fatos perante os quais exerceu seu poder de polícia. Suffragium – revista do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, Fortaleza, v. 4. n. 6, p. 16-41, jan./jun. 2008.

FERREIRA, Manoel Rodrigues. A evolução do sistema eleitoral brasileiro. 2ª ed. Brasília: TSE/SDI, 2005.

GOMES, José Jairo. Direito eleitoral. 8ª ed. São Paulo: Atlas, 2012.

GONÇALVES, Luiz Carlos Santos. Direito Eleitoral - 2ª ed - São Paulo: Atlas 2002

MAIA, Clarissa Fonseca. O ativismo judicial no âmbito da justiça eleitoral. Disponível em: . Acesso em: 16 maio 2013.

MARCATO, Antonio Carlos. A imparcialidade do juiz e a validade do processo. Jus Navigandi, Teresina, ano 7, n. 57, 1 jul. 2002. Disponível em: . Acesso em: 20 set. 2013.

MEDAUAR, Odete. Direito Administrativo. 12ª ed. São Paulo: RT, 2008.

MEDEIROS, Marcílio Nunes. Algumas manifestações dos princípios do direito processual civil no processo eleitoral. Jus Navigandi, Teresina, ano 8, n. 212, fev. 2004. Disponível em: . Acesso em: 10 maio 2013.

MELLO, Celso Antônio Bandeira de. Curso de direito administrativo. 17. ed. São Paulo: Malheiros, 2004.

OLIVEIRA, Marcelo Roseno de. Direito Eleitoral – Reflexões sobre temas contemporâneos. Fortaleza: ABC Editora, 2008.

OLIVEIRA, Marcelo Roseno de. O sistema jurisdicional de controle das eleições: virtudes e vícios do modelo constitucional brasileiro de apuração da verdade eleitoral, 2009. Dissertação (Mestrado em Direito Constitucional). Universidade de Fortaleza, Fortaleza, 2009. Disponível em: . Acesso em: 25 maio 2013.

PELELLA, Eduardo. A Justiça Eleitoral e o Ministério Público Eleitoral – considerações sobre o sistema de administração, regulação, normatização e controle das eleições no Brasil. In: RAMOS, André de Carvalho (org.) Temas de Direito Eleitoral no Século XXI. Brasília: ESMPU, 2013. p. 133-201.

PEREIRA, Luiz Márcio; MOLINARO, Rodrigo. Propaganda Política: Questões práticas relevantes e temas controvertidos da propaganda eleitoral. Rio de Janeiro: Renovar, 2012.

RAMAYANA, Marcos. Direito Eleitoral. 13. ed. Rio de Janeiro: Impetus. 2012.

RIBEIRO, Fávila. Direito Eleitoral. 2ª ed., Forense: 1986.

ROCHA, José de Albuquerque. Teoria Geral do Processo. 10ª ed. São Paulo: Atlas, 2009.

SOARES, Marcos Antônio Striquer. Jurisdição e Administração: duas funções da justiça eleitoral. Revista jurídica da UniFil, S.l., v. 3, p. 117-124, 2006. Disponível em: . Acesso em: 22 maio 2013.

WAMBIER, Luiz Rodrigues; TALAMINI, Eduardo. Curso Avançado de Processo Civil: Teoria geral do processo e processo de conhecimento. 11ª ed. São Paulo: RT, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.18256/2238-0604/revistadedireito.v11n1p90-99

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2238-0604

Licença Creative Commons
Revista Brasileira de Direito está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores

    
Periódicos CAPES  googlelogo_scholar.png
DOAJ.jpg
  
Diadorim.jpg
 
 dialnet.png
latindex.jpg
 
 logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png

 
circ.png
 
 miar.png

logo_base.gif
 
 
 logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png
 
CiteFactor2.png
  
Scilit logo