A relação convergente entre direitos fundamentais e a organização setorial da atividade administrativa

Luiz Henrique Urquhart Cademartori, Luiza Roberta Solera Gagliardi

Resumo


Com o presente artigo pretende-se tecer uma análise comparativa da relação entre a organização setorial da Administração Pública e sua atuação em face dos direitos fundamentais construídos ao longo do tempo. Para o adequado enquadramento do artigo, busca-se destacar a importância da estrutura, organização a ação da Administração Pública na efetivação dos direitos fundamentais, pois o legítimo exercício desses direitos consolida uma Administração democrática.


Palavras-chave


Administração Pública; Direitos Fundamentais; Efetivação; Paralelo

Texto completo:

PDF HTML

Referências


BOBBIO, Norberto. A era dos direitos. Rio de Janeiro: Campus. 1992.

BONAVIDES, Paulo. Curso de direito constitucional. 11. ed. São Paulo: Milheiros, 2001.

CANOTILHO, José Joaquim Gomes. Estudos sobre direitos fundamentais. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2008.

FERREIRA FILHO, Manoel Gonçalves. Direitos humanos fundamentais. São Paulo: Saraiva, 1995.

OLIVEIRA, Gustavo Justino de. Revista de direito administrativo e constitucional. Belo Horizonte a.5 n. 20 p. 167-194, abril-junho 2005.

SIEYÈS, Emmanuel Joseph. A constituinte burguesa. 6. ed. Freitas Barros, 2014.

WOLFGANG, Ingo. A eficácia dos direitos fundamentais. 3. ed. Porto Alegre: Livraria do advogado, 2003.




DOI: https://doi.org/10.18256/2238-0604.2018.v14i1.2328

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2238-0604

Licença Creative Commons
Revista Brasileira de Direito está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores

    
Periódicos CAPES  googlelogo_scholar.png
DOAJ.jpg
  
Diadorim.jpg
 
 dialnet.png
latindex.jpg
 
 logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png

 
circ.png
 
 miar.png

logo_base.gif
 
 
 logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png
 
CiteFactor2.png
  
Scilit logo