Três décadas depois: a Assembleia Nacional Constituinte de 1987 e o debate (inconcluso) da reforma agrária no Brasil / Thirty years later: brazilian 1987 constitutional assembly and the debate of agrarian reform

Gretha Leite Maia, Letícia Fernandes de Oliveira

Resumo


O artigo objetiva analisar a Assembleia Nacional Constituinte na perspectiva das discussões sobre a reforma agrária no Brasil. Trata-se de um estudo histórico da formação de uma compreensão sobre o direito de propriedade e os reflexos dessa compreensão na estrutura política e jurídica do Brasil. Identifica como cada Constituinte brasileira se posicionou diante da questão agrária. Analisa as discussões da Assembleia Nacional Constituinte de 1987 nas comissões temáticas em que foi discutida a reforma agrária. Constitui-se como um estudo crítico do constitucionalismo brasileiro e aponta os limites da Constituição de 1988 no tocante à questão agrária. Utiliza o método histórico e analítico, com pesquisa bibliográfica e documental. Conclui pelo retrocesso da Constituição de 1988 no tocante à possíveis alterações da estrutura fundiária brasileira, em razão do modelo de desapropriação para fins de reforma agrária que se inscreveu na Constituição de 1988, a partir da crítica ao funcionamento e deliberações da Assembleia Nacional Constituinte de 1987.

Abstract

The article aims to analyze the discussion of Agrarian Reform in the Brazilian 1987 Constitutional Assembly. This is a historical study about the understanding of the right of ownership and the consequences of this understanding in the political and legal structure in Brazil. It identifies how each Brazilian Constitutional Assembly discussed the Agrarian Reform. It also analyzes all thematic committees regarding Agrarian Reform that were discussed in the 1987 Constitutional Assembly. The article is a critical study of Brazilian 1988 Constitution and it is a historical and documentary research. It concludes that the Brazilian 1988 Constitution still kept the same agrarian structure and contributed very little to change the legal provision of land expropriation that Agrarian Reform required.

Keywords

Right of ownership. Agrarian reform. Constitutional Assembly.

 


Texto completo:

PDF HTML

Referências


BALEEIRO, Aliomar. Constituições Brasileiras Vol. II 1891. Brasília: Senado Federal, Subsecretaria de Edições Técnicas, 2012.

BERCOVICI, Gilberto. O Poder Constituinte Brasileiro: Um roteiro de pesquisa sobre a crise constituinte. Lua Nova, São Paulo. Nº88, p. 305-325, 2013.

BONAVIDES, Paulo. A História Constitucional do Brasil. 3ª Ed. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra S/A, 1991.

BRASIL. Assembleia Nacional Constituinte (1987). Resolução nº 2, de 1987: dispõe sobre o Regimento Interno da Assembleia Nacional Constituinte. Brasília: Senado Federal. Centro Gráfico, 1987. 44p.

BRASIL. Assembleia Nacional Constituinte (1987). Anais da Assembleia Nacional Constituinte. Disponível em: . Vários acessos.

BRASIL. Assembleia Nacional Constituinte (1987). Subcomissão da Política Agrícola e Fundiária e da Reforma Agrária. Brasília: Congresso Nacional, 1988a.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 1988b. visto em em 24 de março de 2016.

BRASIL. Lei 8.629/1993. Dispõe sobre a regulamentação dos dispositivos constitucionais relativos à reforma agrária, previstos no Capítulo III, Título VII, da Constituição Federal. Brasília, DF: Congresso Nacional, 1993. Visto em em 29 de março de 2016.

BUTTÒ, Michele. Mecanismos Deliberativos na Assembleia Nacional Constituinte. 4 de agosto de 2009. 128f. Dissertação (Mestrado em Ciências Políticas) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade da São Paulo, São Paulo. 2009.

CAMPANHOLE, Hilton Lobo; CAMPANHOLE, Adriano. Constituições do Brasil. 14ª Ed. São Paulo: Atlas, 2000.

CORASSIN, Maria Luíza. A reforma agrária no Roma antiga. São Paulo: Brasiliense, 1988.

COSTA, Emília Viotti. A abolição. 9. ed. São Paulo: UNESP, 2010.

COSTA, Emília Viotti. Brasil: história, texto e contexto. São Paulo: UNESP, 2015.

FAORO, Raymundo. Assembleia Constituinte: a legitimidade recuperada. 2ª Ed. São Paulo: Editora Brasiliense, 1982.

JOBIM, Leopoldo. A reforma agrária no Brasil colônia. São Paulo: Brasiliense, 1983.

MAUS, Ingeborg. O Judiciário como superego da Sociedade. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2010.

MOTA, Carlos Guilherme; SALINAS, Natália Schmitt Caccia (Org). Os juristas na formação do Estado-Nação brasileiro: 1930 – dias atuais. São Paulo: Editora Saraiva, 2010.PETRONE, Maria Thereza Schorer. O imigrante e a pequena propriedade (1824-1930). São Paulo: Brasiliense, 1982.

SILVA, José Gomes da. Buraco Negro: a reforma agrária na constituinte de 1987/88. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra, 1988.

VENÂNCIO FILHO, Alberto. Ordem econômica na Constituição brasileira. In BASTOS, Aurélio Wander et ali. Uma nova organização político-constitucional para o Brasil de hoje. Fortaleza: edições UFC, 1982.




DOI: https://doi.org/10.18256/2238-0604/revistadedireito.v13n2p41-61

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2238-0604

Licença Creative Commons
Revista Brasileira de Direito está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores

    
Periódicos CAPES  googlelogo_scholar.png
DOAJ.jpg
  
Diadorim.jpg
 
 dialnet.png
latindex.jpg
 
 logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png

 
circ.png
 
 miar.png

logo_base.gif
 
 
 logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png
 
CiteFactor2.png
  
Scilit logo