O papel do indivíduo na construção da dignidade da pessoa humana/ The individual role in the construction of the human person dignity

Josemar Sidinei Soares, Maria Chiara Locchi

Resumo


Na atualidade a concepção que mais se destaca é a dignidade como inerente à pessoa humana, gerando um entendimento de que o indivíduo nada precisa fazer para garantir sua dignidade, pelo contrário, é papel do Estado e das instituições fazerem isso por ele, tirando qualquer tipo de responsabilidade das pessoas. O papel do Estado e das instituições é de fundamental importância para garantir a dignidade de todos, porém não se pode retirar toda e qualquer responsabilidade das pessoas. O objetivo do presente trabalho é dissertar acerca do papel do indivíduo na construção da sua dignidade. Na realização da pesquisa foi utilizado o método indutivo por meio da pesquisa bibliográfica. Por meio da pesquisa, compreendeu-se que a racionalidade do homem permite que ele encontre a forma de buscar sua dignidade. Todo indivíduo possui um critério ético que pode guiar as ações do homem em direção à sua dignidade. Porém, se ele depende totalmente das instituições, o efeito é o contrário, não se pode garantir dignidade sem esforço pessoal.

Palavras-chave: Dignidade da Pessoa Humana. Responsabilidade. Construção pessoal.


ABSTRACT

Nowadays the conception that stands out most is the dignity as inherent to the human person, generating an understanding that the individual need to do to nothing to ensure their dignity, by contrast, is part of the state and the institutions do it for him, taking any kind of responsibility from the people. The role of the state and institutions is of fundamental importance to ensure the dignity of all, but it cannot be taken all and any responsibility of the people. The purpose of this paper is discourse about the individual's role in the construction of their dignity. Conducting the survey it was used the inductive method through literature. Through research, it was understood that the rationality of man allows him to find the way to seek his dignity. Every individual has an ethical criterion that can guide man's actions toward his dignity. But if it depends entirely on institutions, the effect is the opposite, it cannot be guaranteed dignity without personal effort.

Keywords: Dignity of human person. Responsibility. Personal Construction.



Palavras-chave


Dignidade da pessoa humana; responsabilidade, construção pessoal

Texto completo:

PDF HTML

Referências


ABBAGNANO, Nicola. Introducción al Existencialismo. Ciudad de México: Fondo de Cultura Económica, 1980.

ÁLVAREZ-VALDÉS, Lourdes Gordillo. ¿La autonomía, fundamento de la dignidad humana? Cuadernos de bioética, Murcia, v. 19, p. 237-253, jul./dez. 2008.

ANDORNO, Roberto. Bioética y dignidad de la persona. 2. ed. Madrid: tecnos, 2012.

BERLIN, Isaiah. Cuatro Ensayos Sobre la Libertad. Madrid: Alianza, 1988.

BRASIL. Constituição (1988).

CAMPS, Victoria (Ed.) Historia de la Ética: de los griegos al Renacimiento. Barcelona: Crítica, 2006. v. 1.

COMPARATO, Fábio Konder. A Afirmação Histórica dos Direitos Humanos. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2001.

CORREA, Juan de Dios Vial; GUERRO, Ángel Rodríguez. La Dignidad de la Persona Humana: desde la fecundación hasta su muerte. Acta Bioethica, Santiago, v. 15, n. 1, p. 55-64, 2009.

DWORKIN, Ronald. Domínio da Vida: aborto, eutanásia e liberdades individuais. São Paulo: Martins Fontes 2003.

DWORKIN, Ronald. La Democracia Posible: Principios para um nuevo debate político. Barcelona: Paidós, 2008.

HEGEL, Georg Wilhelm Friedrich. Phänomenologie des Gesteis. Frankfurt am Main: Suhrkamp, 1986.

HEGEL, Georg Wilhelm Friedrich. Princípios da Filosofia do Direito. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

HOMERO. Ilíada. São Paulo: Penguin Classics Companhia das Letras, 2013.

HOMERO. Ilíada. Odisseia. São Paulo: Penguin Classics Companhia das Letras, 2011.

JAEGER, Werner. Paidéia: A Formação do Homem Grego. 5. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

KANT, Immanuel. Fundamentação da Metafísica dos Costumes. Lisboa: 70, 2007.

LAPORTA, Francisco J. Imperio de la Ley: Reflexiones sobre un punto de partida de Elías Díaz. Doxa, Alicante, n. 15-16, p. 133-145, 1995.

LOCCHI, Maria Chiara. Brief reflections on legal pluralism as a key paradigm of contemporary law in highly differentiated western societies. Revista Brasileira de Direito, Passo Fundo, v. 10, n. 2, p. 74-84, 2014. Disponível em: < https://seer.imed.edu.br/index.php/revistadedireito/article/view/635 >. Acesso em: 18 ago. 2015.

MILL, John Stuart Mill. On Liberty. Boston: Ticknor and Fields, 1863.

MIRANDOLA, Giovanni Pico Della. Oration on the Dignity of Man. Chicago: Henry Regnery, 1956.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS. Declaração Universal dos Direitos Humanos. 1948.

PEZZELLA, Maria Cristina Cereser; BUBLITZ, Michelle Dias. Pessoa como sujeito de direitos na sociedade da informação: um olhar sob a perspectiva do trabalho e do empreendedorismo. Sequência, Florianópolis, n. 68, p. 239-260, jun. 2014.

PLATÃO. Diálogos: O Banquete – Fédon – Sofista – Político. São Paulo: Abril Cultural, 1972.

PLATÃO. Menêxeno. In: CAMARA, Bruna. Menêxeno de Platão: Tradução, Notas e Estudo Introdutório. 96 f. Dissertação (Mestrado em Letras Clássicas) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, 2014.

SANTOS, Rafael Padilha dos. O princípio da dignidade da pessoa humana como reguladora da economia no espaço transnacional: uma proposta de economia humanista. 568 f. Tese (Doutorado em Ciência Jurídica) – Centro de Ciências Sociais e Jurídicas, Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2015.

SARLET, Ingo Wolfgang. As dimensões da dignidade da pessoa humana: construindo uma compreensão jurídico-constitucional possível. Revista Brasileira de Direito Constitucional, n. 9, p. 361-388, jan./jun. 2007.

SARLET, Ingo Wolfgang. Dignidade da Pessoa Humana e Direitos Fundamentais: na Constituição Federal de 1988. 9. ed. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2011.

SOARES, Josemar Sidinei. A Ética como Critério para Mediação de Conflitos entre Sistemas Jurídicos na Contemporaneidade. In: SAVARIS, José Antonio; STRAPAZZON, Carlos Luiz (Org.). Direitos Fundamentais da Pessoa Humana: Um Diálogo Latino-Americano. Curitiba: Alteridade, 2012.

SOARES, Josemar Sidinei. A função do critério ético na construção de um direito humanista na pós-modernidade. Direitos Culturais, Santo Ângelo, v. 8, n. 17, p. 93-108, jan./abr. 2014.

SOARES, Josemar Sidinei. Consciência-de-Si e Reconhecimento na Fenomenologia do Espírito e suas Implicações na Filosofia do Direito. 2009. 312 f. Tese (Doutorado em Filosofia) – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.

SOARES, Josemar Sidinei. Critério Ético Da Norma Jurídica como ponto de Superação do Juspositivismo na Contemporaneidade. Revista Filosofia do Direito e Intersubjetividade, Itajaí, v. 2, n. 2, p. 01-24, 2010.

SOARES, Josemar Sidinei. Critério Ético para as Dimensões da Sustentabilidade e Transnacionalidade. In: Derecho Constitucional: Doctrina. Lima: San Marcos, 2012.

SOARES, Josemar Sidinei. Filosofia do Direito. Curitiba: IESDE, 2011.

SOARES, Josemar Sidinei. Novas alternativas para o positivismo jurídico: a ideia de um critério ético. UNOPAR Científica: Ciências Jurídicas e Empresariais, Londrina, v. 13, n. 2, p. 5-14, 2012.

SOARES, Josemar Sidinei. Novas alternativas para o positivismo jurídico: a ideia de um critério ético; CRUZ, Paulo Márcio. Critério ético e sustentabilidade na sociedade pós-moderna: impactos nas dimensões econômicas, transnacionais e jurídicas. UNOPAR Científica: Ciências Jurídicas e Empresariais, Londrina, v. 14, n. 1, p. 29-39, mar. 2013

TAYLOR, Charles. A Política de Reconhecimento. In: TAYLOR, Charles. (Org.). Multiculturalismo: examinando a política de reconhecimento. Lisboa: Piaget, 1998.

VAZ, Henrique Cláudio de Lima. Escritos de Filosofia II: ética e cultura. São Paulo: Loyola, 1993.

VIDOR, Alécio. Filosofia Elementar. IESDE: Curitiba, 2008.




DOI: http://dx.doi.org/10.18256/2238-0604/revistadedireito.v12n1p31-41

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2238-0604

Licença Creative Commons
Revista Brasileira de Direito está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores

    
Periódicos CAPES  googlelogo_scholar.png
DOAJ.jpg
  
Diadorim.jpg
 
 dialnet.png
latindex.jpg
 
 logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png

 
circ.png
 
 miar.png

logo_base.gif
 
 
 logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png
 
CiteFactor2.png
  
Scilit logo