Carta de um praticante para os acadêmicos de marketing: Entendendo o processo de construção teórica de marketing enquanto disciplina acadêmica e campo de atuação administrativa

Larissa Silva Oliveira

Resumo


De tempos em tempos, um assunto que volta ao centro de conversas e discussões é o distanciamento entre teóricos e profissionais de marketing. Acadêmicos, preocupados com o rigor teórico, descrição detalhada e análise aprofundada das características dos fenômenos estudados tornam suas publicações ricas no teor científico, mas, de difícil compreensão e aplicabilidade para o meio prático. Em contra partida, praticantes, comprometidos com resultados, metas e curto prazo, buscam traçar estratégias e linhas de ação pontuais, que muitas vezes não possuem aplicabilidade em outras realidades, tornando suas ações específicas, não generalizáveis e não científicas. A proposta deste ensaio teórico é compreender a relação entre a academia e o campo de atuação ao longo dos anos, na construção teórica em marketing, propondo uma aproximação entre acadêmicos praticantes, vislumbrando maior interação entre as duas áreas de atuação.


Palavras-chave


Marketing management; theory; professional; academics; practitioners

Texto completo:

PDF

Referências


Baker, J. M. (2003). One more time - what is marketing? The Marketing Book, fifht Edition,- Editora Elsevier Science, pag 3.

Boava, D., L., T. (2012). Filosofia do Marketing. 356 f. Tese (Doutorado em Administração). Programa Pós-Graduação em Administração. Universidade Federal de Lavras.

Cochoy, F. (1998). Another discipline for the market economy: marketing as a performative knowledge and know-how for capitalism. The Sociological Review. Vol. 46. pag 194-221.

Cornelissen, J. (2002). Academic and practition theories of marketing. Sage Journals, vol. 1 pag. 133-143.

Cornelissen, J. P.; Lock, A. R. (2005). The uses of marketing theory: Constructs, research propositions, and managerial implications. Marketing Theory, pag. 165–184.

Falcão, R,. F. (2014). O Marketing no Brasil: Sua História e Evolução. 374 f. Tese (Mestre em Ciências). Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade. Universidade de São Paulo.

Faria, A. (2007). Rigor ou Relevância. GV Executivo, Vol. 6, n. 3, pág. 39-43.

Holbrook, M., B. (1985). Why Business is Bad for Consumer Research, In E.C. Hirschman and M.B. Holbrook (eds) Advance in Consumer Research, Vol. 13 pág. 56-145.

Hunt, D. S. (1983). General Theories and Fundamental Explanada of Marketing. The Journal of Marketing, pag. 7-47.

Jaboby, J. (1985). Serving Two Masters: Perspectives on Consulting, in E.C. Hirschman, and M.B. Holbrook (eds) Advances in Consumer Research, Vol. 13, pp. 157–163. Association for Consumer Research.

Levitt, T. (1995). Marketing e o Objetivo Empresarial, em A imaginação do Marketing, Editora Atlas, São Paulo.

Mattar, N., F. (2012). Pesquisa de Marketing – Edição Compacta. 5ª. Ed. Editora Elsevier, Rio de Janeiro.

Oliveira, S., R, G. (2004). Cinco Décadas de Marketing no Brasil. GV Executivo, vol. 3, n. 3, pág. 37-43.

O’driscoll, A., Murray, J. (1998). The changing nature of theory and practice in marketing. Journal of Marketing Management, vol.14, p.391-416.

Richers, R. (1994). Recordando a infância do marketing brasileiro – um depoimento. Revista de Administração de Empresas, vol. 34, pag. 26-40.

Vieira, F., G., D. (2003). Narciso sem espelho: a publicação brasileira de marketing. Revista de Administração de Empresas. Vol. 43 pag. 81-90.

Vieira, F., G., D. (1999). Ações Empresariais e prioridades de pesquisa em Marketing: tendências no Brasil e no mundo segundo a percepção dos acadêmicos brasileiros. In: Encontro Anual da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Administração – ENANPAD, 1999, Foz do Iguaçu. Anais.. Foz do Iguaçu: ANPAD.

Weld, L., D., H. (1917). Marketing functions and mercantile organization, American Economic Review, v. VII, n 2, pág. 306-318, June.




DOI: http://dx.doi.org/10.18256/2237-7956/raimed.v5n3p261-268

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






Revista de Administração IMED (RAIMED)               ISSN: 2237-7956                Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGA/IMED)

Faculdade Meridional – IMED – www.imed.edu.br – Rua Senador Pinheiro, 304 – Bairro Rodrigues – 99070-220 – Passo Fundo – RS – Brasil Tel.: +55 54 3045 6100

 Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.