Mapeamento da temática justiça organizacional e a relação de suas dimensões com comportamento organizacional

Marcelo da Silva Schuster, Valéria da Veiga Dias, Luciana Flores Battistella

Resumo


Cada vez mais o diferencial entre as organizações centra-se nos modelos de gestão e no diferencial trazido pelas pessoas, sendo assim, a identificação dos fatores contraproducentes ou que afetam a permanência do colaborador na empresa é primordial para a melhor manutenção do negócio. Considerando esse cenário o estudo em questão objetivou analisar e descrever de que forma estão relacionados os temas de justiça e comportamento organizacional considerando as publicações da última década. Para isso investigou-se publicações da base de dados internacional SCOPUS, entre os anos de 2001 a 2012 e descreveram-se os resultados em forma de temáticas e suas associações com as dimensões da justiça organizacional, contribuindo diretamente com o estudo da temática criando um mapa de relações e destacando suas interferências para a organização. Fica evidente que a justiça interfere na possibilidade de identificação, confiança, satisfação, comprometimento entre outros fatores na organização, o que indica uma necessidade de maior atenção ao planejamento da inserção do tema na gestão e tomada de decisão na área de gestão de pessoas, visto que, baixos níveis de justiça resultam em exaustão, problemas de saúde, insatisfação, etc que vão comprometer os resultados organizacionais.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18256/2237-7956/raimed.v3n1p43-53

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






Revista de Administração IMED (RAIMED)               ISSN: 2237-7956                Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGA/IMED)

Faculdade Meridional – IMED – www.imed.edu.br – Rua Senador Pinheiro, 304 – Bairro Rodrigues – 99070-220 – Passo Fundo – RS – Brasil Tel.: +55 54 3045 6100

 Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.