Grau de satisfação dos discentes de administração com seu curso e sua IES

Aline Francilurdes Nery Vale, Agostinha Mafalda Barra Oliveira, Juliana Carvalho Sousa

Resumo


A sobrevivência das Instituições de Ensino Superior (IES), sejam públicas ou privadas, depende da qualidade dos serviços oferecidos e da satisfação dos seus clientes. Considerando-se as necessidades do mercado de trabalho mossoroense e a realidade competitiva do ambiente educacional, este estudo teve como objetivo mensurar o grau de satisfação dos discentes em administração da Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa), em relação aos seguintes atributos: Mercado de Trabalho, IES, Estrutura da IES e Curso. Para tanto, 137 discentes regularmente matriculados no semestre 2015.2, responderam ao instrumento de coleta elaborado por Mainardes e Domingues (2008) que mensura estes atributos. Com base na análise descritiva dos dados coletados, pode-se inferir que os discentes de administração da Ufersa estão mais satisfeitos com os atributos: Curso e Mercado de Trabalho, em detrimento dos atributos: IES e Estrutura da IES. Os resultados desta pesquisa podem subsidiar os Gestores, da IES e do curso de administração especificamente, na tomada de decisão para ações de melhorias nas duas instâncias. 


Palavras-chave


Satisfação; Discentes; IES.

Texto completo:

PDF

Referências


Aléssio. S. C, Domingues. J. C. S, & Scarpin. J. E (2010). Fatores determinantes na escolha por uma Instituição de Ensino Superior do Sul do Brasil. Anais do Simpósio de Excelência em Tecnologia e Gestão, Resende, RJ, Brasil, 7.

Almeida, D., Santos, M. A. R. dos, & Costa, A. F. B. (2010). Aplicação do coeficiente alfa de Cronbach nos resultados de um questionário para avaliação de desempenho da saúde pública. Anais do Encontro Nacional de Engenharia de Produção, São Carlos, SP, 30.

Carmo, Y. A. do., Silva, V. E., Miranda, V. da S., Rabelo, L. M. B., & Guimarães, M. da. G. V. (2011). Análise de satisfação dos alunos da faculdade de estudos sociais da universidade federal do Amazonas. Anais do Congresso Virtual Brasileiro de Administração. Online, 8.

Coscadai, N. & Arbex, M. A. (2011). Como discentes de administração enxergam o próprio curso? um estudo com discentes de graduação de uma instituição pública e de uma instituição provada na região de Londrina/PR. Anais do Congresso Virtual Brasileiro de Administração. Online, 8.

Ferreira, E. A. A. (2011). Alianças estratégicas entre instituições de ensino superior privadas: é possível torná-las mais competitivas? Dissertação de mestrado profissional em Administração. Faculdades Pedro Leopoldo, Pedro Leopoldo, MG, Brasil.

Fortes, V, A., Souza, C, M., Campos, C, F., & Scabelo, A, D, S, S. (2007). A satisfação do discente em instituições de ensino superior: um estudo de caso. Anais do Simpósio de Gestão e Estratégia em Negócios. Seropédica, RJ, Brasil, 5.

Freitas, A. L. P. & Rodrigues, S. G. (2005). A avaliação da confiabilidade de questionários: uma análise utilizando o coeficiente alfa de Cronbach. Anais do Simpósio de Engenharia de Produção, Bauru, SP, 12

Gil, A. C. (2008). Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas.

Hungria, L., Prado, M., & Prestes, R, N. (2009). Perspectivas dos profissionais de administração para com o mercado de trabalho – frente aos novos cenários do mundo globalizado. Recuperado em 16 de Março, 2015, de http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:mf4UIColquEJ:www.univale.com.br/portalnovo/images/root/anaisadmix/7.pdf+&cd=1&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br.

Instituto Federal do Rio Grande do Norte. Recuperado em 24 de abril de 2016, de http://portal.ifrn.edu.br/campus/mossoro/institucional/historico.html

Jornal O Mossoroense. Crescimento do número de micro e pequenas empresas em Mossoró supera a média do Estado. Domingo, 26 de Janeiro de 2014. Recuperado em 03 de março, 2014, de http://p.download.uol.com.br/omossoroense/mudanca/pics/pdf/EDICAO_260114.pdf

Kauark, F. S., Manhães, F. C., & Souza, C. H. S. (2010). Metodologia da pesquisa: um guia prático. Itabuna, BA: Via Litterarum Editora.

Kobs. F. F. & Reis D. R. (2008). Gestão nas instituições de ensino superior privado. Revista Científica de Administração e Sistemas de Informação, 10(10), 7-18.

Kotler, P. & Keller, K. L. (2012). Administração de marketing. 14 ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil.

Mainardes, E. W. & Domingues, M. J. C. S. (2008). Satisfação em serviços educacionais: estudo multicaso na graduação em administração em instituições de ensino superior de Joinville, SC. Anais do Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração. Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 32.

Mainardes, E.W., Miranda, C.S., & Correia, C.H. (2011). A gestão estratégica de instituições de ensino superior: um estudo multicaso. Contextus: Revista Contemporânea de Economia e Gestão, 9(1), 19-32.

Mainardes, W. E., Alves, H., & Domingues, J, M. (2011). Cursos de administração em instituições privadas de ensino superior: estudo sobre os fatores de atração de estudantes em Joinville, SC. RGO Revista Gestão Organizacional, 4(1), 49-59.

Mainardes, W. E., Domingues, S, C, J, M., & Deschamps, M. (2009). Avaliação da qualidade nos serviços educacionais das instituições de ensino superior em Joinville, SC. Revista de Gestão USP, 16(1), 17-32.

Marques, S. C., Pereira, D, A. B., & Alves, N. J. (2010). Identificação dos principais fatores relacionados à infraestrutura universitária: uma análise em uma IES pública. Revistas Sociais e Humanas, 23(1), 91-103.

Medina, C. (2013). Qual o é tamanho da amostra que eu preciso? Recuperado em 22 de dezembro, 2014, de http://www.netquest.com/br/blog/qual-e-o-tamanho-de-amostra-que-preciso

Ministério da Educação. (2013). Recuperado em 25 de outubro, 2015, de http://portal.mec.gov.br.

Rodrigues, C. M. C., Santos, D. L. dos, Corso, K. B., Vieira, K. M., & Faller, L. P. (2012). Satisfação dos discentes do curso noturno de ciências contábeis da UFSM: uma análise comparativa. Revista Eletrônica de Contabilidade, 6(1), 1-22. Recuperado em 10 de Março, 2015, de http://cascavel.ufsm.br/revistas/ojs-2.2.2/index.php/contabilidade/article/view/5792/3410

Rodriguez, A. (2011). Fatores de permanência e evasão de discentes do ensino superior privado brasileiro – um estudo de caso. Caderno de Administração, 5(1), 1-21.

Souza, A. S. & Reinert, N. J. (2010). Avaliação de um curso de ensino superior através da satisfação/insatisfação discente. Avaliação, 15(1), 159-176.

Stallivieri, L. (2006). O sistema de ensino superior do Brasil: características, tendências e perspectivas. Universidade de Caxias do Sul, Caxias do Sul, RS.

Thies, R, & Bianchi, C, R. (2005). Profissional de Administração no futuro: o que as empresas esperam dele? Disciplinarum Scientia. Série: Ciências Sociais e Aplicadas, 1(1), 97-115.

Vieira, K. M., Milach, F. T., & Hupper, R. D. (2008). Equações estruturais aplicadas à satisfação dos discentes: um estudo no curso de ciências contábeis da Universidade Federal de Santa Maria. Revista de Contabilidade e Finanças da USP, 19(48), 65-76.




DOI: https://doi.org/10.18256/2237-7956/raimed.v6n1p105-115

Apontamentos

  • Não há apontamentos.






Revista de Administração IMED (RAIMED)               ISSN: 2237-7956                Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGA/IMED)

Faculdade Meridional – IMED – www.imed.edu.br – Rua Senador Pinheiro, 304 – Bairro Rodrigues – 99070-220 – Passo Fundo – RS – Brasil Tel.: +55 54 3045 6100

 Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.