Análise projetual da habitação de interesse social no município de Erechim/RS

Cynthia Müller, Edgar de Souza, Elias Rust Barcelos Souza, Johanna Beck Hiller, Rafael Garbin, Andréia Saugo

Resumo


A pesquisa busca avaliar o ciclo, os conceitos, princípios e estratégias dos projetos para Habitações de Interesse Social (HIS) construídas na cidade de Erechim/RS, durante as últimas décadas. Realizaram-se estudos teóricos e análises de projetos de habitações já executados no Brasil, buscando avaliar o estado da arte e a aquisição de repertório para analisar os projetos de HIS executados na cidade. Posteriormente obteve-se acesso aos projetos, sendo estes disponibilizados pela Secretaria de Habitação do município, e iniciou-se o processo de análise e discussão com aporte de uma planilha elaborada a partir dos modelos estudados, esta organiza os dados relevantes para avaliação, apontando as características gerais e a qualidade projetual. Cada projeto é avaliado identificando-se características físicas e espaciais da edificação, de composição arquitetônica, possibilidade de ampliação pelo usuário e de inserção do mobiliário básico de cada ambiente. Foram analisados 11 projetos arquitetônicos, para os quais as análises realizadas apresentam como resultado a não contemplação de aspectos fundamentais em uma moradia, como a falta de espaço físico para instalação de mobiliário básico, à exemplo, a falta de espaço para a mesa de refeições. A funcionalidade também é prejudicada ao situar-se o tanque do lado de fora da edificação, em mais da metade dos projetos analisados. Há dificuldades de ampliação da edificação sem gerar alterações que comprometam a subtração de janelas, por exemplo. Também há comprometimento da salubridade dos ambientes devido ao descumprimento do código de obras, em relação aos índices adequados de ventilação e iluminação. Os projetos não preveem acessibilidade para portadores de necessidades especiais ou mesmo para pessoas com mobilidade reduzida. Em suma, as análises projetuais, retratam muitas inadequações em relação às necessidades dos usuários. Ainda que contribua na diminuição do déficit habitacional, a qualidade vista nos projetos analisados não proporciona uma moradia adequada.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18256/2318-1109/arqimed.v2n2p160-170

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2318-1109

Licença Creative Commons
Este obra da Revista de Arquitetura Imed está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 Indexadores

Diadorim.jpg   
  miar.png
logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png