Implantação dos princípios da Construção Enxuta em uma empresa construtora

Juliana Kurek, Luciana Marcondes Pandolfo, Adalberto Pandolfo, Rodrigo Rintzel, Leandro Tagliari

Resumo


A indústria da construção durante muitos anos tem desenvolvido suas atividades com base em um modelo de gerenciamento da produção com ênfase nas atividades de conversão, as quais representam atividades de processamento ou modificação da forma ou substancia de um material. Esse modelo negligencia as demais atividades envolvidas na realização de um serviço, como inspeção, transporte e espera. O objetivo deste trabalho é introduzir os princípios fundamentais da Construção Enxuta em uma empresa de construção na cidade de Passo Fundo (RS), observando a realidade regional e as oportunidades de melhorias no processo de produção da empresa.  A pesquisa foi realizada através de um estudo de caso em uma empresa construtora, sendo dividida em três fases. Inicialmente, foi realizada uma análise exploratória com a identificação da empresa para o estudo e observação direta no canteiro de obras e descrição dos processos. Na segunda fase, foram apresentados à empresa os princípios da construção enxuta e realizada a intervenção da obra. E, na terceira fase desta pesquisa, foram realizadas a avaliação e discussão dos resultados e uma proposta de lista de verificação, para o diagnóstico e para implantação dos princípios da construção enxuta, em empresas construtoras. Entre as principais conclusões deste estudo, podem ser destacadas as melhorias acionáveis no canteiro, a transparência do processo de produção e receptividade dos conceitos Lean na empresa.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18256/2318-1109/arqimed.v2n1p20-36

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2318-1109

Licença Creative Commons
Este obra da Revista de Arquitetura Imed está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 Indexadores

Diadorim.jpg   
  miar.png
logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png