Estudo do impacto social da revitalização de um modelo de infraestrutura verde em Passo Fundo – RS

Andréa Silveira Netto Nunes, Luciana Londero Brandli

Resumo


No contexto urbano atual, é importante compreender os benefícios que espaços públicos integradores, como as Infraestruturas Verdes podem trazer às cidades e aos usuários dela. A cidade de Passo Fundo possui diferentes espaços públicos e três grandes parques na cidade, porém eles encontram-se ou em área nobre ou no centro da cidade, já o Parque Linear do Sétimo céu encontra-se em um bairro comum da cidade, rodeado por outros diversos bairros, o que o torna um objeto de estudo em evidência para análise neste trabalho. O objetivo deste estudo é verificar o impacto social da construção do Parque Linear do Sétimo Céu na cidade de Passo Fundo na época que o mesmo estava sendo construído. Para que isso seja alcançado, foi feita uma avaliação de um estudo de caso, realizado através de entrevistas de opinião de moradores da cidade sobre a construção do Parque Linear modelo de infraestrutura verde da região, localizado na Avenida Rui Barbosa, no Bairro Petrópolis, em Passo Fundo. Nesse sentido, foi feito um mapeamento das redondezas do bairro onde o Parque Linear do Sétimo Céu estava sendo construído dentro do contexto urbano, avaliando também aspectos como a renda mensal por família, gênero e faixa etária. Baseado na teoria, foi feita uma relação da aceitação dos cidadãos passo-fundenses que residiam em um dos três bairros do estudo para com a construção do Parque Linear do Sétimo Céu, com a renda, gênero e faixa etária. Os resultados demonstraram uma importante reflexão de como o modelo de urbanismo com Infraestrutura Verde pode ser positivo para os cidadãos que compõem uma cidade, estando eles, por sua vez, sujeitos a interação constante com outros elementos e infraestruturas que também regem o espaço urbano como um todo. A conclusão com este estudo de caso que o modelo de urbanização Verde que o Parque Linear representa nos modelos de urbanismo atual é que ele contribui para a diminuição da segregação social do espaço urbano na cidade, atendendo a diferentes segmentos da sociedade passo-fundense e aumentando a interação e troca de culturas e assim contribuindo para a integração social.


Palavras-chave


Parque Linear; Infraestrutura Verde; Espaços públicos; Integração Social

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18256/2318-1109.2021.v11i2.4646

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2318-1109

Licença Creative Commons

A Revista de Arquitetura Imed está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 Indexadores

Diadorim.jpg   
  miar.png
logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png