Habitação popular sustentável: sustentabilidade econômica e ambiental

Larriê Andrey Cardoso, Marcos Alberto Oss Vaghetti

Resumo


A construção civil brasileira encontra-se atualmente em um momento de grande ascensão. Isto devido á valorização dos imóveis e principalmente ao forte incentivo federal neste mercado, através de programas criados pelo governo. Inúmeros investimentos vêm sendo aplicados, especialmente no âmbito de casas populares, visando combater o elevado déficit habitacional existente em nosso país. Entretanto poucos projetos que vêm sendo executados são alvo de estudos para se criar uma habitação popular ecológica. A tecnologia atual para construções sustentáveis avançou muito, a ponto de serem encontradas habitações que atentem satisfatoriamente os requisitos impostos na obtenção de certificações ambientais, no entanto os altos custos envolvidos na construção inviabilizam sua popularização. É possível, no entanto, construir moradias para um padrão de vida menos elevado sem deixar de lado as questões ambientais. Dessa forma, a busca por materiais sustentáveis e de baixo custo tornou-se um dos principais objetivos do projeto, aliada a execução de uma arquitetura inteligente que pretende aproveitar elementos naturais e renováveis, tais como ventilação, radiação solar e água da chuva, visando um maior conforto do usuário, sem agredir ao meio externo. A construção em escala real de uma habitação popular sustentável se mostra claramente como um importante passo para que a próxima grande demanda de casas de interesse social também contemplem, além de questões econômicas, questões de sustentabilidade. Portanto, a construção do protótipo que vêm sendo executada no Centro de Eventos da Universidade Federal de Santa Maria propõe a análise do comportamento dos materiais durante e depois do término das obras, servindo como base no melhoramento dos produtos, técnicas e processos empregados.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18256/2318-1109/arqimed.v1n2p133-140

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2318-1109

Licença Creative Commons
Este obra da Revista de Arquitetura Imed está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 Indexadores

Diadorim.jpg   
  miar.png
logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png