Técnicas e Metodologias de Biomineralização na Cicatrização de Fissuras do Concreto

Vinícius Mello, Fernanda Pacheco, Bernardo Fonseca Tutikian

Resumo


As estruturas de concreto tornaram-se usuais mundialmente, porém o material sofre fissuração, propiciando a entrada de agentes deletérios. Atualmente, alguns países já despendem de mais gastos na recuperação de estruturas existentes do que na construção de novas estruturas. Assim, na última década, pesquisadores têm avaliado técnicas para promover a autocicatrização do concreto. Sabe-se que o concreto possui uma pequena capacidade de cicatrização pela hidratação tardia de partículas de cimento anidro, porém limitando-se a pequenas fissuras e aumentando o consumo de cimento, o que gera desvantagens financeiras e ambientais. Na busca por técnicas mais promissoras, tem sido estudada a utilização de bactérias para a produção de biominerais, que cicatrizam as fissuras, reduzem a permeabilidade e absorção de água, e aumentam a resistência à compressão. Este estudo busca apresentar um estudo da arte dessa técnica, abordando as espécies utilizadas e a metodologia de inserção dos microrganismos na matriz do concreto. Dentre os gêneros taxonômicos estudados, há vantagens na utilização das bactérias do gênero Bacillus, por apresentarem fisiologia resistente à ambientes agressivos. Quanto à inserção das bactérias no concreto, são apresentadas vantagens e desvantagens em relação ao seu encapsulamento em agregados leves e à sua adição direta na água de amassamento do concreto. Foram identificadas lacunas a serem ainda estudadas, como a redução dos custos envolvidos na preparação do material, o aprimoramento de metodologias de dimensionamento, a simplificação dos processos construtivos, a verificação da durabilidade deste concreto, e o estudo da vida inativa nas bactérias dentro do concreto edurecido.


Palavras-chave


Self-healing; Bioconcrete; Cracks; Bacteria; Microorganisms

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18256/2318-1109.2019.v8i2.3679

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2318-1109

Licença Creative Commons
Este obra da Revista de Arquitetura Imed está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 Indexadores

Diadorim.jpg   
  miar.png
logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png