Dificuldades na implantação da norma de desempenho em construtoras de médio e pequeno porte no oeste de Santa Catarina

Claudivana Sistherenn Pagliari, Louise Chiarello Amaro, Elvira Maria Vieira Lantelme, Silvio Edmundo Pilz, Marcelo Fabiano Costella

Resumo


A presente pesquisa teve como objetivo avaliar a implantação da norma em dez construtoras com o auxílio da lista de verificação da norma de desempenho proposta por Costella (2018). A lista de verificação foi aplicada em um grupo de dez empresas construtoras localizadas no oeste de Santa Catarina, as quais foram acompanhadas por um período de oito meses, sendo aplicada a lista de verificação na primeira e na última visita, visando avaliar a evolução das empresas e detectar as principais dificuldades de adequação à norma. Dentre os resultados obtidos, destaca-se que as principais dificuldades estão nos requisitos de desempenho estrutural, estanqueidade, desempenho acústico e durabilidade e manutenibilidade. Além disso, a empresa com maior evolução no cumprimento dos requisitos de desempenho passou de 16,36% para 40,61% de conformidade, o que ainda não representa a metade do cumprimento dos requisitos da norma. O presente trabalho contribuiu com a discussão da implantação da norma de desempenho no setor da construção, além de auxiliar na identificação e discussão das principais dificuldades enfrentadas por empresas de pequeno e médio para a aplicação da norma.


Palavras-chave


NBR15575. Clusters. Construção civil.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18256/2318-1109.2019.v8i2.3618

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2318-1109

Licença Creative Commons
Este obra da Revista de Arquitetura Imed está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 Indexadores

Diadorim.jpg   
  miar.png
logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png