Configuração espacial, Copa do Mundo 2014 e valorização imobiliária no bairro de Lagoa Nova (Natal / Brasil)

Rodrigo Costa do Nascimento, George Alexandre Ferreira Dantas, Edja Bezerra Faria Trigueiro

Resumo


Grandes obras urbanas de megaeventos são referidos pela literatura como a expressão do processo de acumulação capitalista e da destruição criativa de setores das cidades. As mais-valias geradas pelas transformações espaciais dessas obras são capazes de adicionar valores imobiliários ao ambiente construído. O espaço, portanto, revela-se como variável dependente e independente de interesses econômicos, possuindo ou assumindo, em suas propriedades configuracionais, potenciais de lucros. Dentre essas propriedades, destaca-se a acessibilidade espacial que consiste na facilitação do movimento gerado essencialmente pela configuração espacial com seu conjunto de barreiras e permeabilidades. Em algumas situações as obras são implantadas em áreas de acessibilidade elevada, se apresentando como coadjuvantes do processo de valorização. Em outras, são capazes de assumir um protagonismo compartilhado com o espaço nesse processo, uma vez que são associadas à novas conexões. No bairro de Lagoa Nova, em Natal/Brasil, a implantação da Arena das Dunas, por ocasião da Copa do Mundo de 2014, ao mesmo tempo que alterou a paisagem local, articulou-se a uma tendência de gradual valorização imobiliária nos últimos 20 anos, coincidente com a transformação da localidade em um novo centro ativo. Diante disto, busca-se perceber, através da Análise Sintática do Espaço, relações entre acessibilidade topológica gerada pela própria configuração espacial, obras urbanas de grande impacto e a valorização imobiliária em Lagoa Nova, aplicando medidas quantitativas de integração – potencial de centralidade - e choice (escolha) –potencial de atravessamento - a partir de representações lineares de segmentos (linhas fracionadas nas interseções com outras linhas que cobrem o traçado urbano). Objetiva-se detectar ainda se valores mais elevados de imóveis estão melhor relacionados à consolidação de um núcleo de elevada integração e atravessamento, o que se apresentaria como vantagem locacional dentro de uma lógica de implantação estratégica da arena. Foram coletados valores de apartamentos residenciais em escrituras de compra e venda cartoriais - correspondentes a um intervalo de cinco anos (2012 a 2016) – categorizados segundo número de dormitórios (de 1 a 4). Realizou-se a análise à luz do cruzamento entre a localização desses valores e medidas de integração e choice em uma base mapeável georreferenciada.


Palavras-chave


Sintaxe espacial (ou análise sintática); Forma urbana; Dinâmica imobiliária; Valorização fundiária

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18256/2318-1109.2019.v8i2.3494

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2318-1109

Licença Creative Commons
Este obra da Revista de Arquitetura Imed está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 Indexadores

Diadorim.jpg   
  miar.png
logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png