Temperatura Radiante média obtida via termômetro de globo: análise crítica de dados de um estudo de campo

Leandro Carlos Fernandes, Eduardo L. Krüger

Resumo


A temperatura radiante média (Trm) é uma das principais variáveis utilizadas em estudos sobre percepção térmica e desempenho térmico de edificações. Usualmente, é obtida indiretamente, com procedimento apoiado em dados de termômetros de globo. Em certas situações, esse procedimento pode retornar resultados imprecisos. O objetivo deste estudo foi verificar a confiabilidade da Trm obtida considerando dados de termômetro de globo que utilize bola de tênis de mesa. Trm obtidas considerando esse equipamento foram comparadas com as obtidas quando utilizados fator de forma e temperaturas superficiais. Analisaram-se diferentes contextos ambientais internos de uma edificação-teste: a) Sem resfriamento e sem ventilação forçada; b) Com resfriamento passivo e sem ventilação forçada; c) Com resfriamento passivo e com ventilação forçada; d) Com resfriamento mecânico e com ventilação forçada. Em todos os contextos analisados ficou evidente que a temperatura de globo está mais relacionada com a temperatura do ar do que com a temperatura radiante média. Nos casos ‘a’ e ‘b’, os resultados indicaram pequenas diferenças entre os resultados obtidos pelos dois procedimentos. No caso ‘c’, as diferenças foram significativas, e no caso ‘d’, foram ainda maiores, gerando incerteza sobre o uso do equipamento.


Palavras-chave


Temperatura radiante média; Termômetro de globo; Temperatura de globo; Temperaturas superficiais; Método fator de forma

Texto completo:

PDF HTML


DOI: https://doi.org/10.18256/2318-1109.2019.v8i1.3456

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2318-1109

Licença Creative Commons
Este obra da Revista de Arquitetura Imed está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 Indexadores

Diadorim.jpg   
  miar.png
logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png