Anteprojeto arquitetônico de um centro de controle de zoonoses em Chapecó-SC

Claudine Machado Badalotti, Emmanuelle Sembler, Thiago Scussiato Merlo

Resumo


A temática zoonose ainda é uma área não muito explorada no Brasil, todavia, no cenário desta discussão, nota-se a necessidade de um espaço para nortear a saúde pública das cidades. O presente trabalho tem como objetivo elaborar o projeto arquitetônico de um Centro de Controle de Zoonoses no município de Chapecó, compatível com propostas atuais de controle populacional de animais, com o intuito de elevar a qualidade de vida da população e buscando o bem estar animal. Para atingir tal fim, foram realizadas pesquisas e estudos que viabilizem a elaboração da proposta, por meio de revisões bibliográficas e pesquisas em meios de comunicação, além de visitas in loco em grupos voluntários do município, para entender melhor a problemática de animais errantes e o abandono, sendo este fator imprescindível para alcançar de uma forma positiva esta área carente na cidade.


Palavras-chave


Anteprojeto arquitetônico; Zoonoses; Saúde pública; Abandono; Bem estar animal

Texto completo:

PDF HTML


DOI: https://doi.org/10.18256/2318-1109.2019.v8i1.3171

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2318-1109

Licença Creative Commons
Este obra da Revista de Arquitetura Imed está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 Indexadores

Diadorim.jpg   
  miar.png
logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png