Resgate histórico: a arquitetura ferroviária em Videira – SC

Juliana Aparecida Biasi, Ana Carolina Rechia, Jocileia Peretti, Francine Kaviski

Resumo


A construção da ferrovia foi responsável pelo surgimento do município de Videira, situado no meio oeste do estado de Santa Catarina. A partir de entrevistas, estudos de referenciais teóricos e análises fotográficas, este artigo tem como objetivo analisar a arquitetura ferroviária local e traçar um comparativo do uso destas edificações entre os dias atuais e a época em que se utilizava o trem como principal meio de transporte, um período que faz parte da identidade de um país que deixou de utilizar esse modal, o que resultou em diversos espaços ociosos disponíveis a novos usos. Durante a pesquisa constatou-se que toda a estrutura, antes pertencente à Companhia Ferroviária, teve de se adaptar forçosamente a novos usos para passar de uma área degradada e em abandono a uma área frequentada pela população e de grande especulação imobiliária devido a sua posição central na cidade. Nota-se que muitos dos edifícios existentes naquele período foram demolidos ou descaracterizados para atender a usos comerciais, não tendo controle e legislação vigente à época que ponderasse estas ações. O estudo conclui que a arquitetura em questão se enquadra dentro de patrimônio industrial e cultural, tendo em vista seu antigo uso e a importância da ferrovia para a formação da cidade, e que teria sido de grande importância a maior atenção do poder público ao permitir o uso comercial nestes edifícios, essencial para a preservação deste patrimônio pertencente a história do município.


Palavras-chave


patrimônio ferroviário; especulação imobiliária; linha férrea.

Texto completo:

PDF HTML


DOI: https://doi.org/10.18256/2318-1109.2018.v7i2.3170

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2318-1109

Licença Creative Commons
Este obra da Revista de Arquitetura Imed está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 Indexadores

Diadorim.jpg   
  miar.png
logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png