Avaliação pós-ocupação aplicada ao espaço público: o caso do Campo Fredolino Chimango da cidade de Passo Fundo/RS

Felipe Buller Bertuzzi, Fernanda da Cruz Moscarelli, Grace Tibério Cardoso

Resumo


O processo de urbanização, consequente do aumento populacional nas cidades, incitou a necessidade de um maior planejamento ao que se refere à infraestrutura urbana. Neste sentido, o período higienista surgiu com o objetivo de inserir áreas livres arborizadas, que auxiliassem na melhoria da ambiência da cidade. Os espaços livres, importantes estruturadores da forma urbana, passaram a oportunizar vitalidade e apoio aos usuários que o usufruem, e auxiliar na qualificação do entorno. A partir deste contexto, o presente trabalho promoveu uma análise no Campo Fredolino Chimango da cidade de Passo Fundo/RS, espaço de lazer focado na prática esportiva. A pesquisa qualitativa aplicada a este estudo vinculou-se à problemática de pós-uso de um equipamento público, baseando-se em dados bibliográficos e observações obtidas in loco, para compreender a organização dos fluxos externos e internos ao local, dos equipamentos e mobiliários urbanos, bem como a qualidade vegetativa no espaço em questão. Levando em consideração esses aspectos, buscou-se promover análises morfológicas aliadas à percepção do usuário acerca do espaço por meio de uma Análise Pós-Ocupação. Como resultados, pôde-se observar a falta de atrativos qualificados no local, a falta de manutenção dos mobiliários do playground e aparelhos de ginástica. Por outro lado, a arborização do espaço é apontada como agradável aos usuários por fornecer sombreamento no perímetro do campo. Após estes diagnósticos, percebeu-se a predominância de uma faixa etária jovem que busca por um espaço de tranquilidade e, ao mesmo tempo, a prática de exercícios físicos. Assim, este estudo inicial voltado ao entendimento do pós-uso do Campo Fredolino Chimango, contribui com a discussão referente ao uso e apropriação de espaços públicos, bem como seu papel estruturador da forma urbana, capaz de promover manifestações dos usuários como participantes ativos da cidade.


Palavras-chave


Espaços públicos; Análises morfológicas; Avaliação pós-ocupação

Texto completo:

PDF HTML


DOI: https://doi.org/10.18256/2318-1109.2018.v7i2.3146

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2318-1109

Licença Creative Commons
Este obra da Revista de Arquitetura Imed está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 Indexadores

Diadorim.jpg   
  miar.png
logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png