Proposta de implantação do sistema de veículo leve sobre trilhos na região central de Caxias do Sul/RS

Iago Prado, Matheus Lemos Nogueira

Resumo


A ideia do transporte público fortemente baseado no ônibus se tornou ultrapassada e pode trazer uma imagem negativa para o sistema. Paralelamente a isso, os cenários atuais nas médias e grandes cidades revelam que a infraestrutura pública para os transportes necessita explorar novas alternativas, além das já consolidadas, inclusive para a promoção de mais sustentabilidade na vida das pessoas. O Veículo Leve sobre Trilhos, além de eficiente e atraente, pode oferecer os atributos necessários para que as regiões onde é inserido se tornem mais sustentáveis, devido a redução do consumo de recursos naturais e das poluições atmosférica e sonora. A intenção do presente estudo é realçar a importância desta tecnologia, por meio de um estudo de caso na região central de Caxias do Sul/RS. Ao longo do texto são mencionadas algumas vantagens da implantação desse sistema, como a de reurbanização/revitalização de zonas históricas. Foram analisados dois cenários de implantação do VLT: 1) traçado em linha reta, na Avenida Júlio de Castilhos; 2) traçado circular, nas Avenidas Júlio de Castilhos e Itália e Rua Sinimbu. Ambas as alternativas se apresentaram viáveis, cada uma com suas peculiaridades. O primeiro cenário resultou em um veículo trafegando com velocidade de 21km/h passando por cada ponto de embarque/desembarque a cada 10 minutos, em média. Já a velocidade dos veículos no segundo cenário é de 26km/h e a frequência média é de 1 veículo a cada 8 minutos. Salienta-se que no Cenário II há a possibilidade de inserção de mais veículos na via conforme o aumento da demanda, por ser circular.


Palavras-chave


Mobilidade Urbana; VLT; Transporte coletivo

Texto completo:

PDF HTML


DOI: https://doi.org/10.18256/2318-1109.2018.v7i2.3089

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2318-1109

Licença Creative Commons
Este obra da Revista de Arquitetura Imed está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 Indexadores

Diadorim.jpg   
  miar.png
logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png