Avaliação do comportamento térmico de cobertura e fachada verde em células de testes

Thiago Youzi Kussaba Kayano, Gustavo Zen de Figueiredo Neves, Nuria Perez Gallardo, Francisco Arthur da Silva Vecchia

Resumo


Com a busca de alternativas para melhorar o conforto ambiental em ambientes construídos, os sistemas de fachadas e tetos verdes aparecem como uma opção para melhoria, em especial, do conforto térmico. Utilizando-se de um episódio climático representativo no ano de 2016, analisou-se comparativamente o comportamento térmico de uma célula de teste com fachada e teto verde e uma célula de controle. O experimento foi realizado no Centro de Recursos Hídricos e Estudos Ambientais (CRHEA) da Universidade de São Paulo (USP), em Itirapina-SP. Os resultados indicaram que a célula de teste com fachada e teto verde possui um melhor desempenho térmico em comparação à célula de controle.


Palavras-chave


Parede verde, comportamento térmico, climatologia dinâmica

Texto completo:

PDF HTML


DOI: https://doi.org/10.18256/2318-1109.2018.v7i1.2814

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2318-1109

Licença Creative Commons
Este obra da Revista de Arquitetura Imed está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 Indexadores

Diadorim.jpg   
  miar.png
logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png