Avaliação dos níveis de ruído em uma comunidade vizinha a uma indústria metalúrgica

Raíssa Santos Figueiredo, Simone Queiroz da Silveira Hirashima, Luciana de Melo Gomides, Adriana Alves Pereira Wilken

Resumo


Quando uma indústria está inserida em área urbana, o ruído surge como um dos principais impactos ambientais. Objetivou-se avaliar os níveis de ruído a que a comunidade vizinha a uma indústria metalúrgica está exposta. Foram utilizados dados de relatórios de automonitoramento declarados pela empresa no processo de licenciamento ambiental. Foram realizadas medições de ruído em uma escola infantil localizada no entorno da indústria. Verificou-se que as principais fontes de ruído decorrentes das atividades industriais referem-se principalmente à movimentação de veículos pesados onde se encontram as residências mais próximas ao empreendimento. Conclui-se que os níveis de ruído estão em desacordo com a legislação vigente, principalmente nos pontos de monitoramento localizados na lateral direita da indústria. Além disso, o ponto de medição na escola infantil mostrou-se bastante crítico, visto que os níveis de ruído neste ponto são considerados elevados pela NBR 10.151/2000.


Palavras-chave


ruído; indústria metalúrgica; escola infantil

Texto completo:

PDF HTML


DOI: https://doi.org/10.18256/2318-1109.2017.v6i2.2170

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2318-1109

Licença Creative Commons
Este obra da Revista de Arquitetura Imed está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 Indexadores

Diadorim.jpg   
  miar.png
logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png