As percepções de turistas e moradores sobre cidades e parques temáticos: o caso de Gramado no Rio Grande do Sul

Gabriela Costa da Silva

Resumo


A cidade de Gramado, na serra Gaúcha, é conhecida em todo o país como ponto turístico. Popular pelos seus eventos, paisagens, clima, gastronomia, locais de entretenimento é considerado um lugar de clonagem, não só pelos parques temáticos, mas também pela falta de conservação de identidade da cidade, dado que edificações originais caracterizadas pelo valor histórico são demolidas para a construção de uma arquitetura contemporânea. Mesmo com tal problemática, identifica-se um grande crescimento da cidade, principalmente no setor turístico, visto que Gramado recebe turistas durante todo o ano. Em vista disto, teve-se como objetivo analisar a percepção dos turistas, buscando entender o motivo pelo qual as pessoas preferem ir para cidades de clonagem a cidades verdadeiras, além de identificar qual a imagem transmitida pela Prefeitura Municipal de Gramado.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18256/2318-1109/arqimed.v5n1p93-101

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2318-1109

Licença Creative Commons
Este obra da Revista de Arquitetura Imed está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 Indexadores

Diadorim.jpg   
  miar.png
logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png