Análise de sintaxe espacial sobre o sistema de espaços livres urbanos do bairro de Águas Claras no Distrito Federal

Gabriel Salles Rego, Maria do Carmo de Lima Bezerra

Resumo


O sistema de espaços livres públicos (SELP)tem importância na valorização do ambiente urbano,pois a interação social e o convívio com a natureza fazem parte das necessidades dos habitantes urbanos.O que faz imperativo à articulação entre espaços cheios e vazios, nomeadamente o estudo das áreas a serem destinadas a parques e praças.Para tanto este artigo tem como objetivo, utilizando o conceito de sintaxe espacial, verificar integração e segregação do espaço urbano e sua relação com a apropriação do sistema de espaços livres.O objeto de estudo foi o SELP do bairro Águas Claras no Distrito Federal onde, através de software específico,fez-se a representação linear do bairro obtendo as variáveis de análise dos espaços. Resultando na localização e características das áreas mais integradas do SELP,concluiu-se que as áreas caracterizadas como segregadas apresentaram melhor relação com os espaços livres públicosecom maior potencial de interações sociais.


Palavras-chave


sintaxe espacial, espaços livres urbanos, integração e segregação espacial, apropriação do espaço urbano

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18256/2318-1109/arqimed.v5n2p42-52

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 2318-1109

Licença Creative Commons
Este obra da Revista de Arquitetura Imed está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 Indexadores

Diadorim.jpg   
  miar.png
logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png