Acolhimento e apoio pedagógico aos professores universitários iniciantes no espaço micro

Beatriz Maria Boéssio Atrib Zanchet, Paula Trindade Selbach, Gabriela Machado Ribeiro

Resumo


Este texto é decorrente de uma pesquisa que investigou vinte e três docentes universitários iniciantes em três universidades do sul do Brasil a fim de apreender suas compreensões sobre a recepção em seus espaços de trabalho como possibilidade de apoio para o desenvolvimento de suas práticas. A pesquisa partiu do entendimento que os professores, ao iniciarem a docência, precisam inserir-se na cultura universitária e encontrar apoio pedagógico para desenvolver suas aulas, pois, em geral, são recém-doutores, cumprem com a titulação requerida para o ingresso na carreira, porém possuem pouca ou nenhuma preparação pedagógica. A entrevista semiestruturada foi utilizada como procedimento investigativo com questões que procuraram dar conta de conhecer, dentre outros aspectos, desafios, dificuldades e o apoio pedagógico apontados por os docentes quando ingressam na carreira. Os dados de natureza qualitativa compõem o corpo das informações utilizadas na análise. Estudos de Lucarelli (2011), Cunha (2010, 2011), Zabalza (2004), Mayor Ruiz (2009), Marcelo Garcia (1999), dentre outros, sustentam a análise. Os resultados mostraram que tanto a formação pedagógica como o desenvolvimento profissional dos professores universitários, desenvolvidos através dos espaços pedagógicos, são bem vindos e requerem uma política global da universidade que valorize as funções docentes como fundamentais para alcançar-se a qualidade do ensino.


Texto completo:

PDF

Referências


BARDIN, Laurence. Análise do discurso. Lisboa. Edições 70, 1979.

BOZU, Zoia. El profesorado universitario novel: estudio teórico de su proceso de inducción o socialización profesional. Revista Electrónica de Investigación y Docencia (REID). n. 3, jan. 2010, p. 55-72.

BRASIL. Censo da Educação Superior. Resumo Técnico Censo da Educação Superior 2011. 2011. Disponível em: < http://portal.inep.gov.br/superior-censosuperior >. Acesso em: 03 out. 2013.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília. 1998. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/CCIVIL_03/Constituicao/Constitui%C3%A7ao.htm >. Acesso em: 03 out. 2010. BRASIL. Decreto n. 6.096, de 24 de abril de 2007: Institui o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais - REUNI. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/decreto/d6096.htm >. Acesso em: 19 jun. 2015.

BRASIL. Diretrizes Gerais. Reestruturação e expansão das universidades federais. 2007. Disponível em: < http://portal.mec.gov.br/sesu/arquivos/pdf/diretrizesreuni.pdf >. Acesso em: 25 ago. 2012.

BRASIL. Parecer CONAES n. 4, de 17 de junho de 2010, sobre o Núcleo Docente Estruturante - NDE. Disponível em: < http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&task=doc_download&gid=6884&Itemid >. Acesso em: 19 jun. 2015.

CUNHA, Luiz Antônio. Ensino Superior e Universidade no Brasil. LOPES, Eliana Marta Teixeira, FARIA FILHO, Luciano Mendes VEIGA, Cynthia Greive. (Orgs.). 500 anos de educação no Brasil. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica. 2000. p. 154- 204.

CUNHA, Maria Isabel et al. O espaço de formação da docência universitária em programas de pós-graduação em educação na perspectiva de egressos. In: CUNHA, Maria Isabel (Org.). Trajetórias e Lugares de Formação da Docência Universitária: da perspectiva individual ao espaço interinstitucional. São Paulo: Junqueira e Marin, 2010, p. 175-208.

FEIXAS, Mónica. La influencia de factores personales, institucionales e contextuales en la trayectoria y el desarrollo docente de los profesores universitarios. Revista Educar, v. 33, p. 31-59, 2004.

LUCARELLI, Elisa. El asesor pedagógico y la didáctica universitaria: prácticas en desarrollo y perspectivas teóricas. In: LUCARELLI, Elisa (Comp.). El asesor pedagógico en la universidad: de la teoría pedagógica a la práctica en la formación. Buenos Aires: Paidós. 2000, p. 35-52.

LUCARELLI, Elisa. Las asesorías pedagógicas y la conformación del campo de la Didáctica y la Pedagogía Universitarias In: LUCARELLI, Elisa; FINKELSTEIN, Claudia (Ed.) El asesor pedagógico en la universidad: entre la formación y la intervención. Buenos Aires: Miño e Dávila editores, 2012. p. 141-177.

MARCELO GARCIA, Carlos. Formação de Professores para uma mudança: para uma mudança educativa. Porto: Porto, 1999.

MARCELO GARCIA, Carlos. El profesorado principiante: inserción a la docencia. Barcelona, Octaedro, 2009.

MAYOR RUIZ, Cristina. Nuevos retos para una universidad en proceso de cambio: ¿pueden ser los profesores (principiantes) los protagonistas? Revista de Currículum y Formación del profesorado. p. 61-77. 2009.

PARICIO ROYO, Javier. El reto de institucionalizar la coordinación e integración docente. In: RUÉ, Joan; LODEIRO, Laura. Equipos Docentes y Nuevas Identidades Academicas. Madrid: Narcea S.A, 2010, p. 21-44.

SOARES, Sandra Regina; CUNHA, Maria Isabel da Formação do professor: a docência universitária em busca de legitimidade. Salvador: EDUFBA, 2010.

ZABALZA, Miguel A. O ensino universitário: seus cenários e seus protagonistas. Artmed. Porto Alegre, 2004.




DOI: https://doi.org/10.18256/2447-3944/rebes.v1n1p4-12

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN: 2447-3944

 Licença Creative Commons
A Revista Brasileira de Ensino Superior está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexadores

DOAJ.jpg logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png  
  REDIB  Diadorim.jpg
     
logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png