Autorregulação da aprendizagem no ensino superior a distância: o que dizem os estudantes?

Rafael Fonseca de Castro

Resumo


Baseado em dados de duas diferentes pesquisas, o objetivo do presente artigo é revelar características relacionadas à autorregulação da aprendizagem de estudantes do ensino superior na modalidade a distância. O primeiro estudo, de 2006 a 2008, investigou a incidência de trabalho colaborativo na Educação a Distância. O segundo, de 2010 a 2014, analisou e interviu sobre o exercício da escrita de acadêmicas de Pedagogia a distância. Ambos se caracterizam por serem de caráter qualitativo e baseados nas impressões dos estudantes, coletadas a partir de entrevistas semiestruturadas, realizadas on-line. Os elementos empíricos são oriundos de entrevistas com seis estudantes da primeira pesquisa e três estudantes da segunda. A análise dos dados convergiu em ambas as pesquisas, apontando para o fato de que, afora as aprendizagens relativas aos conteúdos abordados pelos cursos, os estudantes também desenvolveram habilidades e atitudes típicas da autorregulação da aprendizagem – série de características cognitivas pelas quais os aprendentes criam e utilizam estratégias de estudo que visam a maximizar suas aprendizagens em processos educacionais. Defende-se a importância do uso consciente e do desenvolvimento dessas estratégias, especificamente, por estudantes de cursos a distância, tendo em vista a maior autonomia atribuída aos mesmos nessa modalidade educacional. Os achados, baseados em elementos de dois diferentes estudos, apresentam evidências e consubstanciam a relevância dessas estratégias para a efetiva aprendizagem de acadêmicos de cursos de ensino superior na modalidade a distância.

Palavras-chave


Autorregulação da aprendizagem; Ensino superior; Educação a distância

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18256/2447-3944/rebes.v2n2p15-26

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN: 2447-3944

 Licença Creative Commons
A Revista Brasileira de Ensino Superior está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexadores

DOAJ.jpg logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png  
  Diadorim.jpg   
     
logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png