Percepção de acadêmicos quanto ao estímulo à criatividade por parte de seus professores

Eraldo Carlos Batista, Alessandra Bertasi Nascimento

Resumo


O objetivo desta pesquisa foi analisar a percepção de acadêmicos sobre as práticas docentes que favorecem o desenvolvimento e a expressão de habilidades criativas. Realizada em uma Instituição de Ensino Superior no interior do Estado de Rondônia, utilizou de uma abordagem quantitativa de natureza descritiva, envolvendo noventa e um sujeitos, acadêmicos dos cursos superiores da referida instituição. Foi utilizado como instrumento de coleta de dados o Inventário de Práticas Docentes que Favorecem a Criatividade no Ensino Superior. O instrumento é constituído de 37 itens os quais tem por objetivo avaliar as práticas docentes que favorecem o desenvolvimento e expressão das habilidades criativas de estudantes universitários. Considerando a média obtida nos escores, os resultados apontaram para uma avaliação geral positiva acerca da prática docente do professor. Concluindo-se que a formação pedagógica do professor universitário é indispensável para o desenvolvimento das habilidades criativas do aluno.


Texto completo:

PDF

Referências


ALENCAR, E. M. L. S. et al. Criatividade no Ensino Fundamental: Fatores Inibidores e Facilitadores segundo Gestores Educacionais. Psicologia: Teoria e Pesquisa, v. 31, n. 1, p. 105-114, 2015. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/ptp/v31n1/0102-3772-ptp-31-01-0105.pdf >. Acesso em 13 set. 2015.

ALENCAR, E. M. L. S. O estímulo à criatividade em programas de pós-graduação segundo seus estudantes. Psicologia: Reflexão e Crítica, v. 15, n. 1, p. 63-70, 2002. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/prc/v15n1/a08v15n1.pdf >. Acesso em: 28 abr. 2015.

ALENCAR, E. M. L. S. Criatividade no contexto educacional: três décadas de pesquisa. Psicologia: Teoria e Pesquisa, v. 23, n. especial, p. 045-049, 2007. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/ptp/v23nspe/07.pdf >. Acesso em: 07 set. 2015.

ALENCAR, E. M. L. S. Desenvolvendo o potencial criador: 25 anos de pesquisa. Cadernos de Psicologia, v. 4, n. 1, p. 113-122, 1998. Disponível em: < http://repositorio.ucb.br/jspui/bitstream/ 10869/ 499/1/Desenvolvendo_potencial_criador%2025%20anos%20de%20pesquisa.pdf >. Acesso em: 21 jul. 2012.

ALENCAR, E. M. L. S. O estímulo à criatividade no contexto universitário. Psicologia Escolar e Educacional, v. 1, n. 2, p. 29-37, 1997. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/pee/v1n2-3/v1n2-3a04.pdf >. Acesso em: 19 ago. 2015.

ALENCAR, E. M. L. S.; FLEITH, D. S. Inventário de práticas docentes que favorecem a criatividade no ensino superior. In: ALENCAR, E. M. L. S.; BRUNO-FARIA, M. F.; FLEITH, D. S. Medidas de criatividade: teoria e prática. Porto Alegre: Artmed, 2010. p. 71-90.

ALENCAR, E. M. L. S.; FLEITH, D. S. Barreiras à promoção da criatividade no ensino fundamental. Psic.: Teor. e Pesq., v. 24, n.1, p. 59-65, 2008. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/ptp/v24n1/a07v24n1.pdf >. Acesso 31 jul. 2015.

ALENCAR, E. M. L. S.; FLEITH, D. S. Creativity in university courses: perceptions of professors and students. GiftedandTalentedInternational, Califórnia, EUA, v. 19, n. 1, p. 24-28. 2004.

ALENCAR, E. M. L. S.; FLEITH, D. S. Barreiras à criatividade pessoal entre professores de distintos níveis de ensino. Psicologia Reflexão e Crítica, v. 16, n. 1, p. 63-69, 2003. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/prc/v16n1/16798.pdf >. Acesso em: 28 abr. 2015.

BRASIL. Lei n. 9394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União. Brasília, DF, 23 dez. 1996.

DAVID, A. P. et al. Competências criativas no ensino superior. In: WECHSLER, S. M.; NAKANO, T. C. Criatividade no ensino superior: uma perspectiva internacional. São Paulo: Vetor, 2011.

FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário Aurélio da língua portuguesa. 5. ed. Curitiba: Positivo, 2010.

FLEITH, D. S.; ALENCAR, E. M. L. S. Autoconceito e Clima Criativo em Sala de Aula na percepção de alunos do ensino fundamental. Psico-USF, v.17, n. 2, p. 195-203, 2012. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/pusf/v17n2/v17n2a03.pdf >. Acesso em: 21 ago. 2015.

FLEITH, D. S.; ALENCAR, E. M. L. S. Escala sobre o clima para criatividade em sala de aula. Psic.: Teor. e Pesq., v.21, n.1, p. 085-09, 2005. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/ptp/v21n1/a12v21n1.pdf >. Acesso em: 05 set. 2015

FLEITH, D. S.; ALENCAR, E. M. L. S. Percepção de alunos do ensino fundamental quanto ao clima de sala de aula para criatividade. Psicol. estud., v.11, n.3, 2006. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/pe/v11n3/v11n3a06.pdf >. Acesso em: 29 ago. 2015.

FREITAS, H. C. L. Certificação docente e formação do educador: regulação e desprofissionalização. Educação e Sociedade, Campinas, v. 24, n. 85, p. 1095-1124, dez. 2003. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/%0D/es/v24n85/a02v2485.pdf >. Acesso em: 26 jul. 2015.

GIL, A. C. Metodologia do ensino superior. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2005.

ISAIA, S. M. A.; BOLZAN, D. P. V. Formação do professor do ensino superior: um processo que se aprende? Educação, v. 29, n. 2, jul./dez. 2004. Disponível em: < http://cascavel.cpd.ufsm.br/revistas/ojs2.2.2/index.php/reveducacao/article/viewArticle/384. Acesso em: 27 abr. 2012.

MARTINS, O. P. L. A relação teoria e prática na formação do professor universitário: princípios e metodologia. Revista Diálogo Educacional, v. 4, n. 10, p. 1-12, 2003. Disponível em: < http://redalyc.uaemex.mx/redalyc/pdf/1891/189118047010.pdf >. Acesso em: 19 ago. 2012.

MARIANI, M. F. M.; ALENCAR, E. M. L. S. Criatividade no trabalho docente segundo professores de história: limites e possibilidades. Psicologia Escolar e Educacional, v. 9, n. 1, p. 27-35, 2005. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/pee/v9n1/9n1a03.pdf >. Acesso em: 31 jul. 2012.

NAKANO, T. C. Investigando a criatividade junto a professores: pesquisas brasileiras. Revista Semestral da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional, v. 13, n. 1, p. 45-53, jan./jun. 2009. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/pee/v13n1/v13n1a06.pdf >. Acesso em: 13 abr. 2013.

OLIVEIRA, C. C.; VASCONCELLOS, M. M. M. A formação pedagógica institucional para a docência na Educação Superior. Comunicação Saúde Educação, v. 15, n. 39, p. 1011-24, out./dez. 2011. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/icse/v15n39/aop2611.pdf >. Acesso em: 16 abr. 2013.

PAROLIN, S. R. H. A criatividade nas organizações: um estudo comparativo das abordagens sociointeracionistas de apoio à gestão empresarial. Caderno de Pesquisas em Administração, v. 10, n. 1, p. 9-26, jan./mar 2003. Disponível em: < http://www.ead.fea.usp.br/cad-pesq/arquivos/v10n1art2.pdf >. Acesso em: 17 ago. 2012.

PEREIRA, B.; MUSSI, C.; KNABBEN, A. Se sua empresa tiver um diferencial competitivo, então comece a recriá-lo: a influência da criatividade para o sucesso estratégico organizacional. In: XXII ENANPAD, 22º, Anais... Foz do Iguaçu: ANPAD, 1999. CD-ROM.

RIBEIRO, R. A.; FLEITH, D. S. O estímulo à criatividade em cursos de licenciatura. Paidéia, v. 17, n. 38, p. 403-416, 2007. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/paideia/v17n38/v17n38a10.pdf >. Acesso em: 28 abr. 2012.

RIBEIRO, R. A. Percepção de professores e estudantes de curso de licenciatura quanto ao estímulo à criatividade. 76 f. Dissertação de mestrado, Dissertação (Mestrado em Psicologia) – Universidade de Brasília, Brasília, 2006.

ROZENDO, C. A. et al. Uma análise das práticas docentes de professores universitários da área de saúde. Revista Latino-Americana de Enfermagem, v. 7, n. 2, p. 15-23, 1999.

VALENTE, G. S. C.; VIANA, L. O. O ensino de nível superior no Brasil e as competências docentes: um olhar reflexivo sobre esta prática. Práxis Educacional, v. 6, n. 9, p. 209-226 jul./dez. 2010. Disponível em: < http://periodicos.uesb.br/index.php/praxis/article/view/434 >. Acesso em: 16 abr. 2013.

WECHSLER, S. M. Estilos de pensar e criar: impacto nas áreas educacional e profissional. Psicodebate: Psicologia Cultura y Sociedad, v. 7, p. 207-218, 2006. Disponível em: < http://www.palermo.edu/cienciassociales/publicaciones/pdf/Psico7/7Psico%2013.pdf >. Acesso em: 11 abr. 2013.

WECHSLER, S. M. Criatividade: descobrindo e encorajando. São Paulo: Livro Pleno, 2002.




DOI: https://doi.org/10.18256/2447-3944/rebes.v1n2p54-63

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN: 2447-3944

 Licença Creative Commons
A Revista Brasileira de Ensino Superior está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Indexadores

DOAJ.jpg logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png  
  REDIB  Diadorim.jpg
     
logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png