Micronúcleos em fumantes e etilistas

Fabiola Jardim Barbon, Paula Wiethölter, Alessandra Burille, Daiane Casarin, Caroline Solda, Ricardo Antunes Flores, Clarice Elvira Saggin Sabadin

Resumo


Os micronúcleos são fragmentos de DNA que se separam do núcleo resultando em instabilidade celular. O seu aparecimento pode estar associado a exposição a substâncias genotóxicas, tais como o álcool e o cigarro. O objetivo deste trabalho foi avaliar, em uma população ao acaso, se a exposição social a estes fatores implicaria na formação de micronúcleos. Para isso, foram coletadas células da mucosa oral de sujeitos entre 18 e 83 anos. Os resultados das análises celulares foram associados às informações fornecidas pelos sujeitos em seus respectivos prontuários odontológicos. Os resultados demonstraram que 100% dos sujeitos que apresentaram micronúcleos eram fumantes e/ou etilistas. Entretanto, entre os sujeitos não fumantes e não etilistas, 17% também apresentaram micronúcleos, indicando que outros fatores poderiam ser responsáveis pelo desenvolvimento destas alterações nestes sujeitos. Nossos resultados indicam que o consumo destas substâncias parece representar uma condição necessária para promover a instabilidade celular, porém não suficiente, pois outros fatores também podem estimular a sua formação.


Palavras-chave


Micronúcleo, mucosa bucal, tabaco, alcoolismo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18256/2238-510X/j.oralinvestigations.v3n2p42-45

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Journal of Oral Investigations - JOI (ISSN 2238-510X)
Faculdade Meridional – IMED – www.imed.edu.br
Rua Senador Pinheiro, 304 – Bairro Cruzeiro, 99070-220 – Passo Fundo - RS - Brasil 
Tel.: +55 54 3045 6100

 Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 Indexadores

 Diadorim.jpg logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png