Influência de diferentes cimentos resinosos na adesão ao substrato dental e à cerâmica: estudo “in vitro”

Leonardo Flores Luthi, Angelica Fantin, Luiza Simioni

Resumo


Objetivos: O presente estudo tem como base testar a influência de diferentes cimentosresinosos na adesão ao substrato dental e à cerâmica. Com o objetivo de testar, a partir de um estudo in vitro, a resistência de união nas interfaces adesivas entre cerâmica e dentina com cimentos resinosos autoadesivos diante do teste demicro tração. Método: Os materiais utilizados no estudo foram: Cerâmica a base de di-silicatode lítio; Cimento resinoso dual Variolink II, Cimento resinoso dual Multillink speed; Cimento resinoso autoadesivo Relyx U100; Ácido Fluorídrico 10%; Agente de união para cerâmica Silano, e 30 pré-molares hígidos. Para avaliar a capacidade de adesão dos cimentos utilizados em todos os grupos do estudo, foi realizado um ensaio mecânico de micro tração na máquina de ensaio mecânico universal, com uma velocidade de 0,5 mm/min até a ruptura. Resultados: Os valores de resistência de união foram calculados em Mpa, sendo que, os valores médios foram: G1: 10,21; G2: 15,21; G3: 9,13 G4: 11,68. Conclusão: Nesse estudo in vitro, o cimento resinoso auto adesivo Rely X U100 como uso de silano proporcionou os maiores valores de resistência de união em Mpa.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18256/2238-510X/j.oralinvestigations.v1n2p8-12

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Journal of Oral Investigations - JOI (ISSN 2238-510X)
Faculdade Meridional – IMED – www.imed.edu.br
Rua Senador Pinheiro, 304 – Bairro Cruzeiro, 99070-220 – Passo Fundo - RS - Brasil 
Tel.: +55 54 3045 6100

 Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 Indexadores

 Diadorim.jpg logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png