Redução da mordida aberta anterior: estudo retrospectivo em modelos

Gianna Steffens Bortoluzzi, Julio Santos Ortiz, Dieison Nardi Lazzaretti, Guilherme Berwanger de Azevedo, Suélen Dutra Jaques, Vilmar Antônio Ferrazzo, Renésio Armindo Grehs

Resumo


Objetivo:O presente trabalhoteve por objetivo avaliar o tratamento da mordida aberta anterior e o resultadoapós a interceptação ortodôntica nos pacientes, que estavam em tratamento noperíodo de 1998 a 2008 na Clínica de Ortodontia da Universidade Federal deSanta Maria. Metodologia: Foramanalisados os modelos de estudo (inicial e final) de 25 pacientes leucodermas, deambos os gêneros, portadores de mordida aberta anterior de naturezadentoalveolar. Foi avaliada a variação em milímetros do fechamento da mordidaaberta, sendo medida a distância linear desde a borda incisal do incisivosuperior mais alinhado, acompanhando seu longo eixo até fazer contato com aestrutura de tecido duro oposta. A faixa etária avaliada foi dos 7 aos 11 anos,e em todos os casos foi utilizado o tratamento com a placa impedidora ereeducadora. Para a verificação do efeito do tratamento foi aplicado o teste tpara amostras pareadas. Resultados: foiencontrada prevalência de 19,2% de MAA na população estudada, e houveassociação estatisticamente significativa entre MAA e MCPuni (p=0,025). Conclusão: ocorreu redução significativada mordida aberta anterior na amostra estudada após a terapêutica empregada.

Palavras-chave


Ortodontia preventiva; Mordida aberta; má oclusão

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18256/2238-510X/j.oralinvestigations.v2n2p32-37

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Journal of Oral Investigations - JOI (ISSN 2238-510X)
Faculdade Meridional – IMED – www.imed.edu.br
Rua Senador Pinheiro, 304 – Bairro Cruzeiro, 99070-220 – Passo Fundo - RS - Brasil 
Tel.: +55 54 3045 6100

 Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 Indexadores

 Diadorim.jpg logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png